CÁLCULO AUTOMÁTICO DO FATOR TOPOGRÁFICO (LS) DA EUPS, NA BACIA DO RIO PARACATU

Valtercides Cavalcante da Silva

Resumo


Embora a equação universal de perda de solo (EUPS) seja amplamente utilizada na predição de perda de solo, é difícil obter certos fatores dessa equação em bacias hidrográficas, como é o caso do fator de comprimento de vertente (fator L). Diante disso, este trabalho objetivou determinar de maneira informatizada (automática), o fator topográfico (LS) da EUPS, utilizando para o cálculo do fator L o algoritmo de Desmet & Govers (1996), com o suporte de um Sistema de Informações Geográficas (SIG). Verificou-se a viabilidade do cálculo do fator de comprimento de vertente, na escala de 1:100.000, por meio da metodologia desses autores, que considera o fluxo acumulado.


Palavras-chave


USLE; L factor; topographic factor; GIS

Texto completo:

PDF




Licença Creative Commons

Pesquisa Agropecuária Tropical está licenciado sob uma licença Creative Commons Atribuição 3.0 Unported.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://www.revistas.ufg.br/index.php/pat/about/submissions#onlineSubmissions.

Esta publicação é financiada pelo Programa de Apoio às Publicações Periódicas da UFG (PROAPUPEC)

Visitantes: contador de visitas
Logotipo do IBICT