Uso de bioativador, bioestimulante e complexo de nutrientes em sementes de soja

  • José Adolfo Binsfeld Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Faculdade de Agronomia, Departamento de Fitotecnia, Santa Maria, RS, Brasil.
  • Ana Paula Piccinin Barbieri Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Faculdade de Agronomia, Departamento de Fitotecnia, Santa Maria, RS, Brasil.
  • Caroline Huth Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Faculdade de Agronomia, Departamento de Fitotecnia, Santa Maria, RS, Brasil.
  • Ingrid Cervo Cabrera Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Faculdade de Agronomia, Departamento de Fitotecnia, Santa Maria, RS, Brasil.
  • Liliane Marcia Mertz Henning Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Embrapa Soja, Londrina, PR, Brasil.
Palavras-chave: Glycine max L., vigor de sementes, tratamento de sementes.

Resumo

Novas descobertas têm estimulado a utilização de diferentes substâncias com efeitos fisiológicos, com vistas a maior expressão no desenvolvimento de culturas agrícolas. Assim, objetivou-se avaliar o efeito do tratamento de sementes com bioestimulante, bioativador e nutrientes, no desenvolvimento inicial de sementes de soja. Foram utilizados dois lotes de sementes (alto e baixo vigor) da cultivar BMX Potência RR. Os produtos testados foram inseticida com efeito bioativador, regulador de crescimento vegetal com efeito bioestimulante, complexo de nutrientes e testemunha. Em laboratório, foram avaliados os parâmetros teor de água, germinação, primeira contagem de germinação, envelhecimento acelerado, teste de frio, comprimento e massa de matéria seca de plântulas. Em casa-de-vegetação, as avaliações incluíram a emergência, índice de velocidade de emergência, comprimento e massa de matéria seca de plântulas. A eficiência dos produtos testados sofreu influência da qualidade fisiológica da semente, sendo observado efeito mais pronunciado dos produtos em lotes de alto vigor. De forma geral, o tratamento que apresentou melhor resultado no desempenho inicial foi o complexo de nutrientes, seguido pelo regulador de crescimento vegetal com efeito bioestimulante. O bioativador teve efeito negativo sobre a germinação das sementes e sobre o desenvolvimento das plântulas.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
07-04-2014
Como Citar
BINSFELD, J. A.; BARBIERI, A. P. P.; HUTH, C.; CABRERA, I. C.; HENNING, L. M. M. Uso de bioativador, bioestimulante e complexo de nutrientes em sementes de soja. Pesquisa Agropecuária Tropical, v. 1, n. 1, p. 88-94, 7 abr. 2014.
Seção
Produção Vegetal