ORGANOGÊNESE DIRETA DE Phoenix dactylifera L. VIA PECÍOLO COTILEDONAR

Autores

  • Najara Maria de Sena Costa
  • Magdi Ahmed Aloufa3 Ibrahim Aloufa

Palavras-chave:

Tamareira, regeneração, reguladores vegetais

Resumo

Existe hoje bastante interesse com respeito ao sucesso da aplicação da cultura de tecidos para propagação de membros da família das palmeiras. A tamareira (Phoenix dactylifera L.) é uma planta originária do Oriente Médio, cujo clima é quente e árido, e devido aos seus caracteres botânicos constitui-se numa boa opção para a cultura de frutas adaptadas ao Nordeste brasileiro. Este trabalho teve como objetivo testar os hormônios ácido indolacético (IAA) e 6-benzilaminopurina (BAP) com a finalidade de micropropagar a tamareira por organogênese direta, utilizando a cultivar Khadrawy. Pecíolos cotiledonares foram inoculados em meio MS suplementado com quatro combinações de BAP e IAA, em iguais concentrações (0 mg.L-1, 0,5 mg.L-1, 1,0 mg.L-1 e 2,0 mg.L-1). As concentrações hormonais utilizadas não propiciaram a formação de brotos, mas mostraram-se relativamente eficientes na diferenciação das partes aérea e radicular, contribuindo para estratégias de conservação in vitro da espécie.

PALAVRAS-CHAVE: Tamareira; regeneração; reguladores vegetais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Najara Maria de Sena Costa

Programa de Pós-graduação em Ciências Biológicas, Centro de Biociências, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).
Caixa Postal 1524. CEP 59072-970 Lagoa Nova, Natal, RN. E-mail: najara_cb@yahoo.com.br

Downloads

Publicado

24-10-2007

Como Citar

COSTA, N. M. de S.; ALOUFA, M. A. A. I. ORGANOGÊNESE DIRETA DE Phoenix dactylifera L. VIA PECÍOLO COTILEDONAR. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 36, n. 3, p. 195–198, 2007. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/2047. Acesso em: 17 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigo Científico