COMPONENTES DA PARTE AÉREA E RAÍZES DE PASTAGENS DE Brachiaria spp. EM DIFERENTES IDADES APÓS A REFORMA, COMO INDICADORES DE PRODUTIVIDADE EM AMBIENTE DE CERRADO

Renato Sérgio , Mota dos Santos, Itamar Pereira de Oliveira, Rafael Fiusa de Morais, Segundo Caballero Urquiaga, Robert Michel Boddey, Bruno José Rodrigues Alves

Resumo


O objetivo do presente estudo foi avaliar a produção de componentes da parte aérea e raízes totais em pastagens de Brachiaria de diferentes idades após a reforma, em ecossistema de cerrado. Três pastagens eram de Brachiaria brizantha após um, sete e nove anos da reforma pelo sistema Barreirão, e outra de Brachiaria decumbens, após vinte anos de reforma pelo sistema convencional. As áreas estudadas localizam-se em Goiânia-GO (16º35'12"S, 49º21'14"W, 730 m). Observou-se que a pastagem mais nova apresentou uma taxa 197% superior, em produtividade, relativamente à pastagem com vinte anos. Com o aumento da idade das pastagens, houve decréscimo de produção e nas taxas de rebrota em decorrência do processo de degradação, o que foi atribuído ao manejo inadequado ao longo do tempo. Tal fato foi evidenciado pelo desenvolvimento do sistema radicular, pois a produtividade total de raízes até 100 cm de profundidade apresentou níveis de redução na ordem de 9,14 Mg ha-1, 4,87 Mg ha-1 e 2,90 Mg ha-1 para as pastagens de sete, nove e vinte anos, respectivamente. Na pastagem com um ano, ainda em fase de estabelecimento, não se observou grande contribuição radicular. A rebrota da pastagem foi dependente da disponibilidade de N no sistema; por isso, a produção de liteira mostrou ser indicadora do grau de degradação das pastagens, refletindo na ciclagem de N. O estoque de N até 100 cm de profundidade, das pastagens com um, sete e vinte anos foram de 7,54 Mg ha-1, 8,70 Mg ha-1 e 9,47 Mg ha-1, respectivamente, sendo muito inferiores ao encontrado na pastagem com nove anos da reforma (14,2 Mg ha-1).

PALAVRAS-CHAVE: Braquiária; pastagem; raízes; liteira.


Palavras-chave


Braquiária; pastagem; raízes; liteira

Texto completo:

PDF




Licença Creative Commons

Pesquisa Agropecuária Tropical está licenciado sob uma licença Creative Commons Atribuição 3.0 Unported.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://www.revistas.ufg.br/index.php/pat/about/submissions#onlineSubmissions.

Esta publicação é financiada pelo Programa de Apoio às Publicações Periódicas da UFG (PROAPUPEC)

Visitantes: contador de visitas
Logotipo do IBICT