EFICIÊNCIA DE INSETICIDAS NO CONTROLE DE LARVAS E ADULTOS DE CURCULIONÍDEOS-DAS-RAÍZES EM CITROS

  • Jerson Vanderlei Carús Guedes UFSM
  • Juliano Ricardo Farias UFSM
  • Samuel Roggia UFSM
  • Felipe Sulzbach UFSM
Palavras-chave: Inseto-praga, Naupactini, controle químico

Resumo

O controle de larvas e adultos de curculionídeos-das-raízes foi avaliado em quatro experimentos, em condições de  laboratório e de campo, no município de Itapetininga, SP. Para o controle de larvas de Naupactus spp. foram testados os inseticidas: aldicarbe, bifentrina, carbofurano, carbosulfano, clorpirifós (GR), clorpirifós (EW), fipronil, imidacloprido e tiametoxam (GR). Para o controle de adultos de Naupactus cervinus, e N. versatilis os tratamentos foram: abamectina, carbosulfano, lufenurom, lufenurom + abamectina e tiametoxam (WG). O controle de larvas de Naupactus spp. apresentou eficiência abaixo de 80% para os inseticidas, dosagens e formas de aplicação testadas. Sobre larvas, os melhores resultados foram obtidos com tiametoxam (GR) 2,40 g, fipronil 0,19 g e tiametoxam (WG) 1,00 g de i.a. planta-1, que apresentaram redução da população de larvas em 71,43%, 74,12 e 77,87%, respec-tivamente. Para o controle de adultos de N. cervinus e N. versatilis, tiametoxam (WG) 0,75 g e 1,00 g de i.a. planta-1, e carbosulfano em 0,64 g de i.a. planta-1 apresentaram eficiência superior a 80% nos testes em campo. No teste em laboratório, além destes tratamentos, a dosagem de 0,50 g de i.a. planta-1 de tiametoxam (WG) também resultou em tal eficiência. A mortalidade de adultos é semelhante entre as duas espécies estudadas. Tiametoxam (WG) e carbosulfano podem ser recomendados para o controle de adultos dos curculionídeos-das-raízes dos citros.

PALAVRAS-CHAVE: Inseto-praga, Naupactini, controle químico.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
12-09-2007
Como Citar
GUEDES, J.; FARIAS, J.; ROGGIA, S.; SULZBACH, F. EFICIÊNCIA DE INSETICIDAS NO CONTROLE DE LARVAS E ADULTOS DE CURCULIONÍDEOS-DAS-RAÍZES EM CITROS. Pesquisa Agropecuária Tropical (Agricultural Research in the Tropics), v. 37, n. 2, p. 65-70, 12 set. 2007.
Seção
Artigo Científico