Análise da Sobrevida de Mulheres Diagnosticadas com Câncer de Mama Triplo Negativo Utilizando Modelo de Longa Duração

Autores

  • Eder Milani Universidade Federal de Goiás (UFG), Instituto de Matemática e Estatística, Goiânia, Goiás, Brasil, edermilani@ufg.br https://orcid.org/0000-0001-5533-6693
  • Vinicius F. Calsavara Centro Internacional de Pesquisa do A.C.Camargo Cancer Center, São Paulo, São Paulo, Brasil, vinicius.calsavara@accamargo.org.br
  • Juliana Scudilio Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR), Departamento de Estatística, São Carlos, São Paulo, Brasil, juliana-scudilio@uol.com.br
  • Carolina D. Tomazella Centro Universitário Padre Albino (UNIFIPA), Catanduva, Brasil, catomazella@hotmail.com
  • Carolina R. Bonini
  • Caroline C. Antunes
  • Danielly G. dos Santos Centro Universitário Padre Albino (UNIFIPA), Catanduva, Brasil, dani_gaspareti@hotmail.com
  • Mariana A. Zanotti
  • Vera Tomazella Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR), Departamento de Estatística, São Carlos, São Paulo, Brasil, vera@ufscar.br

DOI:

https://doi.org/10.5216/nm.v4.64354

Resumo

O câncer de mama é umas das principais causas de morte de mulheres no mundo, no Brasil a realidade não é diferente. Identificar fatores de riscos e analisar o efeito dos tratamentos na vida dos pacientes são de extrema importância para o melhor entendimento dessa doença. Este trabalho tem como objetivo analisar a proporção de mulheres que sobrevivem por um longo período de tempo após serem diagnosticadas com câncer de mama. Para isso se faz uso de modelos estatísticos que permitem acomodar tais características. Os dados analisados são de pacientes que foram diagnosticadas com câncer de mama triplo negativo e submetidas ao tratamento quimioterápico no A.C.Camargo Câncer Center. Alguns fatores que influenciam na determinação da proporção de cura são identificados. Nota-se que mulheres que apresentam inicialmente um melhor prognóstico mostram uma maior chance de sobreviver por um longo período de tempo, indicando assim a necessidade de ampliação do rastreamento e diagnóstico precoce do câncer de mama.

Downloads

Publicado

01-09-2021

Como Citar

Milani, E. ., F. Calsavara, V. ., Scudilio, J. ., Tomazella, C. D., Bonini, C. R. ., Antunes , C. C. ., Santos , D. G. ., Zanotti, M. A. ., & Tomazella, V. (2021). Análise da Sobrevida de Mulheres Diagnosticadas com Câncer de Mama Triplo Negativo Utilizando Modelo de Longa Duração. NEXUS Mathematicæ, 4. https://doi.org/10.5216/nm.v4.64354

Edição

Seção

Artigos