Estética e poética na música de Salvatore Sciarrino

Palavras-chave: composição musical, musicologia, cognição musical

Resumo

A obra de Salvatore Sciarrino se institui a partir do uso de técnicas instrumentais particulares aliado a novos modelos de agenciamento do material sonoro. Suas composições exploram sonoridades que, transitando entre o icônico e o abstrato, inauguraram novos paradigmas de organização musical. Paralelo à sua produção composicional, Sciarrino produziu textos nos quais expõe suas reflexões acerca do artesanato musical. Neste artigo abordaremos conceitos estéticos e filosóficos propostos pelo compositor e, posteriormente, abordaremos a obra Come vengono prodotti gli inca incantesimi?. Escrita para flauta solo, esta composição evidencia como as ferramentas conceituais de Sciarrino dão origem a um discurso musical de expressividade e originalidade inéditas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sergio Kafejian, Universidade de São Paulo, São Paulo, São Paulo, Brasil

Obteve seu Bacharelado em composição pela Fasm, Mestrado junto à Brunel University (Londres), Doutorado junto à UNESP e atualmente desenvolve pesquisa de Pós-Doutorado sediada no Departamento de Música da ECA/USP. Durante o ano de 2017 atuou como Visiting Scholar na NYU Steinhardt além de ter sido compositor residente do New Music Ensemble, da mesma instituição. Entre os principais prêmios recebidos destacam-se os Prix Residence (1998), Prix pour ouevre electroacoustic avec instrument (2008) – ambos no Concurso Internacional de Música Eletroacústica e de Arte Sonora de Bourges –, os Prêmios de Composição Clássica da  Funarte (2009, 2014) e o Prêmio de Composição Orquestral Gilberto Mendes (2008). Entre 2011 e 2015 foi Diretor Artístico do grupo de música contemporânea Camerata Aberta. Atua como professor na Faculdade Santa Marcelina (FASM) desde 2001, ministrado aulas de Composição, Música Contemporânea, Música Eletroacústica, e Análise Musical.

 

Referências

CARRATTELI, Carlo: L'integrazione dell'estesico nel poietico nella poietica musicale post-strutturalista: il caso di Salvatore Sciarrino, una "composizione dell'ascolto", Tese ( Doutorado em música), Trento: Università di Trento; Paris: Université Paris IV – Sorbonne, 2006. Disponível em http://www.salvatoresciarrino.eu/Data/Tesi/Tesi_Carratelli.pdf Acessado em 18/04/2018.

CHAUVEL, Mark. Analyse Musicale: Sémiologie et cognition des formes temporelles. Paris: IDEAC – CNRS/Université Paris I – L’Harmattan, 2006.

LACHENMANN, Helmut (2009). Écrits et Entretiens. Paris: Contrechamps Éditions.

GIACCO, Grazia. La notion de “figure” chez Salvatore Sciarrino . Paris: L’Harmattan, 2001.

ONOFRE, Maria Leopoldina; ALVES, José Orlando. As técnicas estendidas e as configurações sonoras em L’Opera per Flauto de Salvatore Sciarrino. Revista Música Hodie, 2011. Vol. 11-N.2.

SCIARRINO, Salvatore (1998) Le Figure della Musica: da Beethoven a oggi. Milão: Ricordi, 1998.

___________________________ . Connaître et Reconnaître. In: Silence de l’oracle: Autour de l’ouvre de Salvatore Sciarrino, Sous la direction de Laurent Feneyrou. Paris: Cdmc, Septembre, 2013.

____________________________. Le son et le silence. In: Silence de l’oracle: Autour de l’ouvre de Salvatore Sciarrino, Sous la direction de Laurent Feneyrou. Paris: Cdmc, Septembre, 2013.

____________________________. Notes pour un jornal parisien. In: Silence de l’oracle: Autour de l’ouvre de Salvatore Sciarrino, Sous la direction de Laurent Feneyrou. Paris: Cdmc, Septembre, 2013.

Publicado
13-05-2019
Como Citar
Kafejian, S. (2019). Estética e poética na música de Salvatore Sciarrino. Revista Música Hodie, 19. https://doi.org/10.5216/mh.v19.52805
Seção
Artigos