FOR PHILIP GUSTON DE MORTON FELDMAN: ENSAIOS E PERFORMANCE – OU COMO SOBREVIVER A QUATRO HORAS DE MÚSICA

Luciane Cardassi

Resumo


Este artigo tem como objeto de estudo a obra For Philip Guston (1984) do compositor norte-americano Morton Feldman, uma peça de mais de quatro horas de duração que apresentei em recital com o percussionista Steven Schick e a flautista Kathleen Gallagher em 2004. Discuto aqui os desafios que enfrentamos, minhas reflexões sobre as estratégias de ensaios que utilizamos e sobre a experiência de performance. Este texto é um relato de uma experiência prática de ensaios e performance, o qual enfoca uma peça singular do repertório camerístico do século XX, entretanto as estratégias aqui apresentadas podem ser extrapoladas para outras obras do repertório contemporâneo com desafios semelhantes.


Palavras-chave: Performance; Morton Feldman; Philip Guston; Música contemporânea; compositores norte-americanos.

Texto completo:

PDF HTML


DOI: https://doi.org/10.5216/mh.v8i1.4602

Logotipo do IBICT
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://www.revistas.ufg.br
Visitantes: contador de visitas