Oficina de enriquecimento musical do programa de atenção a alunos precoces com comportamento de superdotação (PAPCS)

Autores

  • Fabiana Oliveira Koga e Miguel Claudio Moriel Chacon

DOI:

https://doi.org/10.5216/mh.v15i2.39742

Resumo

O presente artigo tem por objetivo apresentar o processo de avaliação musical e uma das experiências de “enriquecimento” realizadas entre 2013 e 2014, com 17 crianças, do Programa de Atenção a Alunos Precoces com Comportamento de Superdotação (PAPCS) da Faculdade de Filosofia e Ciências da Universidade Estadual Paulista - UNESP, Campus de Marília/SP. Com base em teóricos como Edwin Gordon e Violeta H. de Gainza, este estudo contou com o uso dos instrumentos de avaliação musical: Primary Measures of Music Audition (PMMA), Intermediate Measures of Music Audition (IMMA) (GORDON, 1986) e a Ficha orientadora da conduta musical (FOOCM) (GAINZA, 1988). Também, com base no Modelo de Enriquecimento para superdotados, de Joseph S. Renzulli, e dos teóricos da área da Educação Musical, este trabalho apresenta o processo de “enriquecimento” musical que foi realizado após a avaliação, como uma continuidade de um processo que objetivou maximizar e tornar cada vez mais acessível o contanto, destas crianças avaliadas, com a música. Palavras-chave: Superdotação musical. Avaliação. Oficina de enriquecimento musical.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

15-02-2016

Como Citar

Oliveira Koga e Miguel Claudio Moriel Chacon, F. (2016). Oficina de enriquecimento musical do programa de atenção a alunos precoces com comportamento de superdotação (PAPCS). Revista Música Hodie, 15(2). https://doi.org/10.5216/mh.v15i2.39742

Edição

Seção

Artigos