Silva Dionísio no Brasil com a Banda Sinfônica da GNR: o nascimento de uma cooperação musical?

  • Bruno César Pinto Madureira

Resumo

Em 1965 a Banda Sinfónica da Guarda Nacional Republicana (GNR) deslocou-se ao Brasil a fim de representar Portugal nas comemorações do “IV Centenário da Fundação da Cidade do Rio de Janeiro”. Além do enorme sucesso artístico alcançado nas apresentações públicas, foram lançadas as bases para uma posterior colaboração e intercâmbio artístico entre ambos os países, muito graças ao chefe desta banda – o maestro Manuel da Silva Dionísio (1912-2000). Para fazer o levantamento das informações relativas a este maestro e a esta banda e em concreto à viagem efetuada ao Brasil em 1965, percorremos o espólio pessoal do maestro Silva Dionísio, que se encontra no Arquivo da Banda Sinfónica da GNR ainda por catalogar. Este trabalho pretende contribuir para o conhecimento e a compreensão da relação musical existente entre Portugal e o Brasil nas décadas de 60 e 70 do século XX, particularmente a ligação do maestro Silva Dionísio e da Banda Sinfónica da GNR com aquele país, bem como os posteriores frutos dos contatos lá estabelecidos. Palavras-chave: Silva Dionísio; Banda Sinfónica da GNR; Música Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2013-08-19
Como Citar
César Pinto Madureira, B. (2013). Silva Dionísio no Brasil com a Banda Sinfônica da GNR: o nascimento de uma cooperação musical?. Revista Música Hodie, 13(1). https://doi.org/10.5216/mh.v13i1.26118
Seção
Artigos