O PROCESSO DE SOCIALIZAÇÃO NO CANTO CORAL: UM ESTUDO SOBRE AS DIMENSÕES PESSOAL, INTERPESSOAL E COMUNITÁRIA

Autores

  • Éliton Pereira e Miriã Vasconcelos

DOI:

https://doi.org/10.5216/mh.v7i1.1763

Resumo

Resumo: Este estudo de pós-graduação analisa as dimensões: pessoal, interpessoal e comunitária – presentes no processo de socialização no canto coral. A hipótese de que a atividade do canto coral implica no desenvolvimento humano enquanto agente socializador é fundamentada por um referencial teórico que tem por base a sociologia, a psicologia educacional e a pedagogia musical. Propomos, além da reflexão teórica, um estudo de campo no qual entrevistas realizadas junto a regentes de côros institucionais de Goiânia revelam a consciência destes profissionais sobre o potencial de socialização e sociabilização presentes no canto coral.
Palavras-chave: Canto coral, Socialidade, Sociabilidade, Regentes de côro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-11-07

Como Citar

MIRIÃ VASCONCELOS, Éliton P. e. O PROCESSO DE SOCIALIZAÇÃO NO CANTO CORAL: UM ESTUDO SOBRE AS DIMENSÕES PESSOAL, INTERPESSOAL E COMUNITÁRIA. Revista Música Hodie, Goiânia, v. 7, n. 1, 2007. DOI: 10.5216/mh.v7i1.1763. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/musica/article/view/1763. Acesso em: 18 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos