TRANSFORMAÇÕES IDENTITÁRIAS E APRENDIZAGENS DE LÍNGUA ADICIONAL NO INTERCÂMBIO ACADÊMICO

Autores

  • Tania Regina de Souza ROMERO Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
  • Naiara de Paiva VIEIRA Universidade Federal de Ouro Preto

DOI:

https://doi.org/10.5216/lep.v22i1.54458

Resumo

Este artigo, vinculado ao projeto de pesquisa Linguagem na Constituição do Educador, desenvolvido na UFLA, discute transformações identitárias e aprendizagem de língua adicional como efeito de uma experiência de intercâmbio no Uruguai. Os dados, provenientes de narrativas em questionário escrito e entrevista oral, são analisados a partir da perspectiva teórica de identidade (Hall, 2005; Bauman, 2005; Silva, 2000; Block, 2007), a relação cultura e linguagem (Tilio; 2007; Kramsch, 1998) e aprendizagem de línguas adicionais (Lightbown e Spada, 1993) e (Lantolf e Thorne, 2006). Destaca-se que essa experiência modificou perspectivas para futura atuação profissional, trazendo novos posicionamentos ante a sociedade, bem como identificando estratégias que facilitam a aprendizagem de língua adicional em contexto natural.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tania Regina de Souza ROMERO, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Doutora em Linguística Aplicada aos Estudos da Linguagem (PUC-SP). 

Naiara de Paiva VIEIRA, Universidade Federal de Ouro Preto

Mestre em Letras: Estudos da Linguagem (UFOP).

Downloads

Publicado

16-08-2018

Como Citar

ROMERO, T. R. de S., & VIEIRA, N. de P. (2018). TRANSFORMAÇÕES IDENTITÁRIAS E APRENDIZAGENS DE LÍNGUA ADICIONAL NO INTERCÂMBIO ACADÊMICO. Linguagem: Estudos E Pesquisas, 22(1). https://doi.org/10.5216/lep.v22i1.54458

Edição

Seção

Dossiê temático Estudos em Linguística Aplicada com foco na formação de professores: conexões e abrangências