INSETOS HEMATÓFAGOS EM ÁREAS RURAIS ADJACENTES AO RESERVATÓRIO DA USINA HIDRELÉTRICA CORUMBÁ IV, SANTO ANTÔNIO DO DESCOBERTO, GOIÁS, BRASIL.

Autores

  • Rodrigo Gurgel-Gonçalves Laboratório de Parasitologia Médica e Biologia de Vetores, Faculdade de Medicina, Universidade de Brasília (UNB), Brasília, Brazil.
  • Jônatas Barbosa Cavalcante Ferreira Laboratório de Parasitologia Médica e Biologia de Vetores, Faculdade de Medicina, Universidade de Brasília (UNB), Brasília, Brazil.
  • Douglas de Almeida Rocha Laboratório de Parasitologia Médica e Biologia de Vetores, Faculdade de Medicina, Universidade de Brasília (UNB), Brasília, Brazil.
  • Paola Juliana Lopes Buss Corumbá Concessões S.A., Brasília, Brazil.
  • Marcos Takashi Obara Laboratório de Parasitologia Médica e Biologia de Vetores, Faculdade de Medicina, Universidade de Brasília (UNB), Brasília, Brazil. Faculdade de Ceilândia, Universidade de Brasília (UNB), Brasília, Brazil.

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpt.v44i2.36648

Palavras-chave:

Culicidae, Eichhornia crassipes, hidrelétricas.

Resumo

Reservatórios de usinas hidrelétricas, quando eutrofizados, podem favorecer a proliferação demacrófitas e insetos hematófagos. Nos últimos anos, tem sido observado um crescimento excessivode macrófitas em alguns trechos do reservatório da hidrelétrica Corumbá IV (CIV). O estudoobjetivou analisar a ocorrência de insetos hematófagos em áreas rurais adjacentes ao reservatório daCIV. Foram selecionadas dez casas em área com grande proliferação de macrófitas (AG) e outras dezem área com baixa proliferação de macrófitas (AP), que foram amostradas em dois períodos (marçoe julho/agosto). Adicionalmente, analisaram-se 100 macrófitas em cada área. Foram capturados35.788 insetos nas armadilhas luminosas e 28% deles pertenciam a famílias de insetos hematófagos,especialmente Culicidae. A ocorrência de culicídeos foi diferente entre as áreas AG e AP (p<0,05),uma vez que estes foram mais frequentes e abundantes na área AG. A pesquisa larvária mostrou que100% das casas visitadas apresentaram potenciais criadouros de mosquitos. No total, 302 larvas demosquitos foram coletadas nas macrófitas, sobretudo na área AG. Pode-se concluir que há maiorfrequência de culicídeos nas áreas com maior proliferação de macrófitas, porém o reservatório CIVnão é o único criadouro de mosquitos nas áreas estudadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

08-07-2015

Como Citar

Gurgel-Gonçalves, R., Ferreira, J. B. C., Rocha, D. de A., Buss, P. J. L., & Obara, M. T. (2015). INSETOS HEMATÓFAGOS EM ÁREAS RURAIS ADJACENTES AO RESERVATÓRIO DA USINA HIDRELÉTRICA CORUMBÁ IV, SANTO ANTÔNIO DO DESCOBERTO, GOIÁS, BRASIL. Revista De Patologia Tropical / Journal of Tropical Pathology, 44(2), 170–180. https://doi.org/10.5216/rpt.v44i2.36648

Edição

Seção

ARTIGOS ORIGINAIS / ORIGINAL ARTICLES