MIÍASE ASSOCIADA A ERISIPELA BOLHOSA

Autores

  • Lorena Bianchi Ferro Braga UFG
  • Nathalia Raposo Thompson
  • Bárbara de Queiroz Gadelha
  • André Ricardo Accacio Veloso
  • Marina Oliveira Hoerlle
  • Valéria Magalhães Aguiar Coelho
  • Cláudia Soares Santos Lessa

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpt.v40i3.15978

Palavras-chave:

Enfermidades cutâneas, Miíase, Dípteros, Doenças tropicais.

Resumo

Miíase é a presença de larvas de moscas em tecidos do homem ou de outros animais vertebrados,

onde se nutrem e evoluem como parasitos. Erisipela é uma celulite superficial que apresenta comprometimento do plexo linfático subjacente, cujo principal agente etiológico é Streptococcus(Rosenbach,1884)beta hemolítico do grupo A de Lancefield. Caracteriza-se por placas eritematosas acompanhadas de dor e edema. Este é o relato de um caso raro de paciente idosa internada em hospital público para tratamento de erisipela bolhosa no membro inferior esquerdo, em cujas lesões, durante a internação, foi detectada a presença de miíase. Foram retiradas várias larvas vivas com auxílio de pinça e prescrita ivermectina para erradicar possíveis larvas remanescentes. O diagnóstico precoce e o tratamento correto das lesões primárias são fundamentais para evitar a ocorrência de afecções como a miíase, cuja instalação atrasa o tratamento e pode agravar o prognóstico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-10-17

Como Citar

BRAGA, L. B. F.; THOMPSON, N. R.; GADELHA, B. de Q.; VELOSO, A. R. A.; HOERLLE, M. O.; COELHO, V. M. A.; LESSA, C. S. S. MIÍASE ASSOCIADA A ERISIPELA BOLHOSA. Revista de Patologia Tropical / Journal of Tropical Pathology, Goiânia, v. 40, n. 3, p. 271–276, 2011. DOI: 10.5216/rpt.v40i3.15978. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/iptsp/article/view/15978. Acesso em: 17 maio. 2022.

Edição

Seção

RELATO DE CASO / CASE REPORT