FORMAÇÃO CONTINUADA E UM OLHAR HISTÓRICO-CRÍTICO-CULTURAL PARA PENSAR POSSIBILIDADES DE ENFRENTAMENTO AO ADOECIMENTO DOCENTE

Autores

  • Soraya Cunha Couto Vital Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Campos Grande, Mato Grosso do Sul, Brasil, sorayavital@hotmail.com https://orcid.org/0000-0001-5716-5605
  • Vanderlei Braulino Queiroz Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Campos Grande, Mato Grosso do Sul, Brasil, vanderpsico@outlook.com https://orcid.org/0000-0002-9742-1850
  • Sonia da Cunha Urt Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Campos Grande, Mato Grosso do Sul, Brasil, surt@terra.com.br https://orcid.org/0000-0002-0309-3498

DOI:

https://doi.org/10.5216/ia.v46i1.65163

Resumo

O objetivo deste artigo é analisar o delineamento de uma pesquisa bibliográfica acerca da formação continuada de professores, considerando como esta pode representar uma possibilidade de enfrentamento ao adoecimento docente. A análise crítica ocorre sobre o aporte teórico-metodológico da Psicologia Histórico-Cultural e da Pedagogia Histórico-Crítica. Como resultado, compreendese que pensar uma formação contínua que contribua para esse enfrentamento pressupõe considerar sua articulação com as problemáticas mais amplas da sociedade, sob o entendimento de que a cultura e as relações sociais são elementos fundamentais na constituição do professor emancipado, crítico e capaz de compreender os processos sociais. Enfim, uma formação transformadora. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Soraya Cunha Couto Vital, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Campos Grande, Mato Grosso do Sul, Brasil, sorayavital@hotmail.com

Doutoranda em Educação e Mestre em Psicologia/Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – UFMS, Brasil. Bolsista CAPES.Graduada em Pedagogia e Letras. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação e Psicologia – GEPPE/UFMS.

Vanderlei Braulino Queiroz, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Campos Grande, Mato Grosso do Sul, Brasil, vanderpsico@outlook.com

Mestrando em Educação/Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – UFMS, Brasil. Especialista em Educação, Pobreza e Desigualdade Social/UFMS. Graduado em Psicologia/Universidade Católica Dom Bosco – UCDB. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação e Psicologia – GEPPE/UFMS.

Sonia da Cunha Urt, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Campos Grande, Mato Grosso do Sul, Brasil, surt@terra.com.br

Doutora em Educação. Professora Titular Aposentada dos Programas de Pós-Graduação em Educação e em Psicologia da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – UFMS, Brasil. Professora Pesquisadora Sênior dos Programas de Pós-Graduação em Educação e Psicologia/UFMS. Coordenadora do GEPPE/Diretório CNPq - Grupo de Estudos e Pesquisa em Psicologia e Educação.

Downloads

Publicado

17-04-2021

Como Citar

Vital, S. C. C. ., Queiroz, V. B. ., & Urt, S. da C. . (2021). FORMAÇÃO CONTINUADA E UM OLHAR HISTÓRICO-CRÍTICO-CULTURAL PARA PENSAR POSSIBILIDADES DE ENFRENTAMENTO AO ADOECIMENTO DOCENTE. Revista Inter Ação, 46(1), 113–130. https://doi.org/10.5216/ia.v46i1.65163

Edição

Seção

Artigos