ESTANDARIZACIÓN DEL DESEMPEÑO DE LAS UNIVERSIDADES LATINAS DE 2015 A 2019 SEGÚN CONSULTORES DE RANKING ESPECIALIZADOS

Resumo

Este artigo tem como objetivo analisar o desempenho das instituições de ensino superior na América Latina, em comparação com as classificações universitárias elaboradas por consultores especializados, com o objetivo de desenvolver uma classificação unitária. Para tanto, a metodologia utilizada consistiu em analisar as classificações universitárias dos consultores e, assim, desenvolver uma classificação global. Os resultados mostraram que a América Latina ainda carece de representatividade das universidades nos rankings mundiais, uma vez que apresentam certas barreiras em alguns parâmetros. As principais conclusões são que, analisando os resultados das classificações em geral, é possível que o gestor aponte possíveis fragilidades e invista nelas, bem como, quando houver resultados positivos, continue investindo nesta linha de atuação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Pedro Mardegan Ribeiro, Universidade de São Paulo/ Instituto de Física de São Carlos (USP/IFSC)

Graduando em Licenciatura em Ciências Exatas com habilitação em Física pelo Instituto de Física de São Carlos da Universidade de São Paulo Tutor no Clube de Ciências do Espaço Interativo de Ciências/Centro de Pesquisa e Inovação em Biodiversidade e Fármacos (EIC/CIBFar).

Publicado
11-01-2021
Como Citar
Ribeiro, J. P. M. (2021). ESTANDARIZACIÓN DEL DESEMPEÑO DE LAS UNIVERSIDADES LATINAS DE 2015 A 2019 SEGÚN CONSULTORES DE RANKING ESPECIALIZADOS. Revista Inter Ação, 45(3), 811-826. https://doi.org/10.5216/ia.v45i3.65152