COMO É SER DOCENTE NO CENÁRIO EDUCACIONAL EM 2019? A NARRATIVA COMO INSTRUMENTO DO TRABALHO DOCENTE

Autores

  • Ivana Almeida Serpa Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS), Alegrete, Rio Grande do Sul, Brasil, ivana.serpa1@gmail.com https://orcid.org/0000-0002-6945-8824
  • Fani Averbuh Tesseler Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, faniatess@gmail.com https://orcid.org/0000-0002-1311-781X

DOI:

https://doi.org/10.5216/ia.v46i1.65092

Resumo

Este artigo objetiva compreender narrativas produzidas por duas docentes sobre sua profissão em Alegrete/Rio Grande do Sul (RS). O estudo, caracterizado como de abordagem qualitativa, utiliza a narrativa enquanto ferramenta de pesquisa em Educação. As narrativas estão baseadas no resgate de vivências e experiências das colaboradoras do estudo, como estratégia de valorização do trabalho docente a partir do reconhecimento das memórias. Em nossas considerações concluintes e re-iniciantes evidenciamos que as narrativas não se limitam à crítica do trabalho desenvolvido pelas entrevistadas. Ao contrário, pressupõem um olhar de compreensão perante a caminhada de cada sujeito no campo educacional, com o intuito de conhecer a realidade docente a partir do ponto de vista de quem se encontra lá.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ivana Almeida Serpa, Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS), Alegrete, Rio Grande do Sul, Brasil, ivana.serpa1@gmail.com

Licenciada em Pedagogia pela Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS ALEGRETE) e pós-graduada na especialização em Gestão Escolar pela Uniasselvi. Atualmente, bolsista do Programa Residência Pedagógica e auxiliar pedagógica em uma Escola Municipal de Alegrete.

Fani Averbuh Tesseler, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, faniatess@gmail.com

Graduação em História (1979), mestrado em Educação (1994) e doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2006). Atualmente é professora adjunta da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul, unidade Alegrete, tendo trabalhado no MEC/UERGS\ PARFOR em São Luis Gonzaga/Uergs e Pedagogia PARFOR/ Uergs em Porto Alegre.

Downloads

Publicado

17-04-2021

Como Citar

Serpa, I. A. ., & Tesseler, F. A. . (2021). COMO É SER DOCENTE NO CENÁRIO EDUCACIONAL EM 2019? A NARRATIVA COMO INSTRUMENTO DO TRABALHO DOCENTE. Revista Inter Ação, 46(1), 294–308. https://doi.org/10.5216/ia.v46i1.65092

Edição

Seção

Artigos