ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO, UNIVERSIDADE E ESCOLA: A PERSPECTIVA DO ESTAGIÁRIO DE EDUCAÇÃO FÍSICA

Autores

  • Camila Ferreira de Castro Universidade Federal de Pelotas (UFPEL), Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil, camila.edufis@gmail.com https://orcid.org/0000-0002-0757-8599
  • Mariângela da Rosa Afonso Universidade Federal de Pelotas (UFPEL), Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil, mrafonso.ufpel@gmail.com https://orcid.org/0000-0002-8853-719X

DOI:

https://doi.org/10.5216/ia.v46i2.65086

Resumo

O artigo tem por objetivo analisar a percepção dos discentes sobre o processo de estágio curricular supervisionado (ECS) nas licenciaturas noturnas em Educação Física (EF) e as articulações entre orientador, supervisor e estagiário, tendo como pano de fundo a universidade e a escola. A investigação foi desenvolvida em duas universidades federais situadas no extremo sul do Brasil. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, descritiva, incluindo também um estudo de casos múltiplos. Os dados foram coletados através de questionário misto, sendo apreciados a partir de análise descritiva e análise de conteúdo. Concluiu-se que os estagiários são auxiliados positivamente pelos orientadores, embora a presença dos mesmos não seja constante. O suporte dado ao estagiário pelos supervisores precisa ser repensado para que o momento de ECS contribua positivamente para a sua formação.

PALAVRAS-CHAVE: Estágio curricular supervisionado. Educação Física. Formação. Estagiário.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Camila Ferreira de Castro, Universidade Federal de Pelotas (UFPEL), Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil, camila.edufis@gmail.com

Possui graduação em Educação Física - Licenciatura pela Universidade Federal do Rio Grande – FURG (2013) e é Mestra em Educação Física pela Universidade Federal de Pelotas – UFPEL (2020) na linha de Formação Profissional e Prática Pedagógica. Atualmente é professora de Educação Física na Rede Pública Estadual do RS. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Física, formação de professores, estágio supervisionado, PIBID, práticas pedagógicas e escola.

Mariângela da Rosa Afonso, Universidade Federal de Pelotas (UFPEL), Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil, mrafonso.ufpel@gmail.com

Possui graduação em Educação Física pela Universidade Federal de Pelotas – UFPEL (1985), é Mestra em Educação Física pela Universidade Gama Filho (1992) e Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS (2003). Atualmente é professora titular da UFPEL, membro permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação Física e tutora do Programa de Educação Tutorial (PET). Tem experiência na área de Educação, Ensino Superior, Educação Física, formação de professores.

Downloads

Publicado

31-08-2021

Como Citar

Castro, C. F. de ., & Afonso, M. da R. . (2021). ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO, UNIVERSIDADE E ESCOLA: A PERSPECTIVA DO ESTAGIÁRIO DE EDUCAÇÃO FÍSICA. Revista Inter Ação, 46(2), 872–888. https://doi.org/10.5216/ia.v46i2.65086