A FORMAÇÃO EM CIÊNCIAS NOS CURSOS DE PEDAGOGIA: ANÁLISE DAS TESES E DISSERTAÇÕES DO PERÍODO DE 2008 A 2018

Autores

  • Cléria Maria Wendling Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Cascavel, Paraná, Brasil, cleriamwe@gmail.com https://orcid.org/0000-0001-5021-7679
  • Vilmar Malacarne Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Cascavel, Paraná, Brasil, vilmar.malacarne@unioeste.br https://orcid.org/0000-0002-5222-4722

DOI:

https://doi.org/10.5216/ia.v46i1.63760

Resumo

Este artigo apresenta uma análise da pesquisa na Pós-Graduação stricto sensu do Brasil sobre a formação para o ensino de Ciências no curso de Pedagogia no período de 2008 a 2018. Foi realizado um “estado do conhecimento”, com a localização de 20 teses e dissertações catalogadas no banco de dados da Biblioteca
Digital de Teses e Dissertações (BDTD). Do corpus analisado emergiram as categorias: pesquisas descritivas e pesquisas com práticas, e as subcategorias práticas prescritivas e práticas com reflexão. As pesquisas são predominantemente
descritivas e filiadas a programas da Educação. Os resultados apontam aspectos formativos em relação ao conteúdo disciplinar, características sobre as fontes do conhecimento dos acadêmicos e características históricas do curso. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cléria Maria Wendling, Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Cascavel, Paraná, Brasil, cleriamwe@gmail.com

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal de Santa Maria (2001) e mestrado em Educação pela Universidade Federal de Santa Maria (2004). Professor assistente da Universidade Estadual do Oeste do Paraná do curso de Pedagogia nas disciplinas Teoria e prática do ensino de ciências e estágio supervisionado sob forma de prática de ensino. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Currículos Específicos para Níveis e Tipos de Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: formação de professores, Ensino de Ciências, prática educativa, investigação-ação educacional. Atualmente cursa doutorado no PPGECEM na Unioeste, campus de Cascavel, investigando os sentidos do ensino de ciências no município de Toledo, Paraná.

Vilmar Malacarne, Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Cascavel, Paraná, Brasil, vilmar.malacarne@unioeste.br

Possui graduação em Filosofia Licenciatura Plena pela Universidade Federal de Santa Maria (1994), mestrado em Educação pela Universidade Federal de Santa Maria (1997) e doutorado em Educação pela Universidade de São Paulo (2007). Atualmente é professor Associado da Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Atua na graduação e na pós-graduação Lato e Stricto Sensu. Tem experiência na área de Filosofia e Ensino de Ciências, atuando principalmente nos seguintes temas: Formação de Professores, Ética, Ciência e Religião.

Downloads

Publicado

17-04-2021

Como Citar

Wendling, C. M., & Malacarne, V. (2021). A FORMAÇÃO EM CIÊNCIAS NOS CURSOS DE PEDAGOGIA: ANÁLISE DAS TESES E DISSERTAÇÕES DO PERÍODO DE 2008 A 2018. Revista Inter Ação, 46(1), 166–182. https://doi.org/10.5216/ia.v46i1.63760

Edição

Seção

Artigos