Concepções de Estado e Política Social para a Compreensão das Desigualdades Educacionais

  • Elaine de Almeida Cabral Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep)

Resumo

Este artigo analisa diferentes concepções sobre Estado e política social com o objetivo de identificar como tais concepções são apresentadas em estudos sobre desigualdades educacionais. Tais estudos foram obtidos no Portal de Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), com os seguintes critérios: artigos publicados nos últimos cinco anos (2014 a 2019), em Língua Portuguesa, em periódicos avaliados por pares, contendo as expressões exatas “desigualdades educacionais” e “Estado”. A análise demonstrou que a falta de uma concepção clara de Estado e de seu papel influencia diretamente sobre a análise dos objetivos da política educacional e de sua implementação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elaine de Almeida Cabral, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep)

Doutoranda em Política Social pela Universidade de Brasília (2019) Mestre em Gestão e Avaliação da Educação Pública pela Universidade Federal de Juiz de Fora (2013). Especialista em Planejamento Educacional e Políticas Públicas pela Universidade Gama Filho (2011). Graduada em Geografia pela Universidade de Brasília (2006). Pesquisadora-Tecnologista do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Publicado
27-10-2020
Como Citar
Cabral, E. de A. (2020). Concepções de Estado e Política Social para a Compreensão das Desigualdades Educacionais. Revista Inter Ação, 45(2), 435-447. https://doi.org/10.5216/ia.v45i2.61143