RESSIGNIFICANDO A RELAÇÃO ESCOLA-UNIVERSIDADE PELO TEMPO: DIFICULDADES, DESAFIOS E CONQUISTAS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/ia.v44i3.56766

Resumo

A Resolução nº 09/69 do Conselho Federal de Educação instituiu a obrigatoriedade da Prática de Ensino nas licenciaturas na forma de Estágio Supervisionado. Motivados pela comemoração dos 50 anos de sua publicação, apresentamos uma breve incursão histórica sobre a realização da Prática de Ensino e do Estágio Supervisionado de formação de professores, tendo como contexto a relação escola-universidade, e como desafios e conquistas dessa relação, que se apresentam ao longo do tempo, têm contribuído para sua ressignificação, em termos de uma parceria, ao considerar demandas relacionais e formativas, tanto as das escolas como as da formação de professores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Raquel Gomes de Oliveira, UNESP-PP/EDUCAÇÃO (330014129044 PG)

possui graduação em LICENCIATURA EM MATEMATICA pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP, 1991), mestrado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP, 1996) e doutorado em Educação pela Universidade de São Paulo (USP, 2006). Atualmente é coordenadora de um projeto CAPES de Residência Pedagógica em Matemática e membro do do Grupo de Pesquisa "Ensino e Aprendizagem como Objeto da Formação de Professores" (GPEA) da FCT/Unesp, cadastrado no Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq e certificado pela UNESP.

Downloads

Publicado

01-01-2020

Como Citar

Gomes de Oliveira, R. (2020). RESSIGNIFICANDO A RELAÇÃO ESCOLA-UNIVERSIDADE PELO TEMPO: DIFICULDADES, DESAFIOS E CONQUISTAS. Revista Inter Ação, 44(3), 593–608. https://doi.org/10.5216/ia.v44i3.56766