O HIBRIDISMO TECNOLÓGICO DIGITAL NA CONFIGURAÇÃO DO ESPAÇO DIGITAL VIRTUAL DE CONVIVÊNCIA: FORMAÇÃO DO EDUCADOR

  • Luciana Backes Centro Universitário La Salle - UNILASALLE
Palavras-chave: Espaço. Hibridismo tecnológico digital. Espaço digital virtual de convivência. Formação do educador

Resumo

O artigo aborda a formação do educador por meio das tecnologias digitais emergentes. A pesquisa contempla dois aspectos: contexto do hibridismo tecnológico digital; configuração dos espaços digitais virtuais de convivência. A reflexão ocorreu nos cursos de formação inicial do educador, desenvolvidos no Brasil e na França, no contexto do hibridismo tecnológico digital composto por: Ambiente Virtual de Aprendizagem; Comunicador Instantâneo; Blog e Metaverso. Por meio da metodologia de Estudo de Caso, evidenciamos que o espaço digital virtual de convivência se configura quando: os seres humanos representam a sua percepção em espaços digitais virtuais; a partir da representação de cada ser humano se instaura a perturbação, pois o outro é legítimo; há a necessidade de compensar a perturbação configurando um espaço comum, numa perspectiva de coexistência e de emergência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciana Backes, Centro Universitário La Salle - UNILASALLE
Estágio Pós-Doutoral no Exterior em Sociologia (Bolsa Capes Processo nº 18024-12-2), na l’Université Paris Descartes Paris V – Sorbonne. Doutora em Educação pela UNISINOS (2011) e Doutora em Sciences de l’Education pela Université Lumière Lyon 2 (2011). Mestre em Educação pela UNISINOS (2007) e Especialista em Informática na Educação pela UFRGS (2002). Possui graduação em Pedagogia - Habilitação Magistério e Séries Iniciais pela UNISINOS (1996). Professora titular do Centro Universitário La Salle – Unilasalle, vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Educação, linha de pesquisa Culturas, Linguagens e Tecnologias na Educação. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Digital, atuando principalmente nos seguintes temas: processos de ensino e de aprendizagem, construção do conhecimento, formação do educador, práticas pedagógicas, informática na educação, educação on-line, ambiente virtual de aprendizagem, metaverso, hibridismo tecnológico digital, Espaço de Convivência Digital Virtual – ECODI, comunidades virtuais de aprendizagem, processo de autonomia, processo de autoria, dimensões do acoplamento estrutural, cultura emergente, presença, co-presença e telepresença.
Publicado
26-12-2015
Como Citar
Backes, L. (2015). O HIBRIDISMO TECNOLÓGICO DIGITAL NA CONFIGURAÇÃO DO ESPAÇO DIGITAL VIRTUAL DE CONVIVÊNCIA: FORMAÇÃO DO EDUCADOR. Revista Inter Ação, 40(3), 435-456. https://doi.org/10.5216/ia.v40i3.35419
Seção
Fundamentos teórico-metodológicos e epistemológicos da educação