NÚMERO DE AMOSTRAGENS DA PRODUÇÃO DE LEITE PARA ESTIMATIVA DA PRODUÇÃO MÉDIA DIÁRIA DE LEITE EM VACAS CHAROLÊS

Autores

  • Paulo Santana Pacheco Pós-doutorando do PPGCA/UFG, bolsista PDJ-CNPq
  • João Restle EV/UFG
  • Aline Kellermann de Freitas Doutoranda do PPGZ/UFRGS, bolsista CNPq
  • Ivan Luiz Brondani Departamento de Zootecnia/UFSM
  • José Henrique Souza da Silva Departamento de Zootecnia/UFSM
  • Dari Celestino Alves Filho Departamento de Zootecnia/UFSM

Palavras-chave:

Bovinos de leite

Resumo

Objetivou-se com este experimento avaliar modelos preditos com diferentes números de amostragens da produção de leite visando estimar a produção média diária de leite de vacas Charolês até os 217 dias de lactação. Foram utilizadas 27 vacas, sendo as amostragens da produção de leite realizadas pelo método direto com ordenha, aos 14, 42, 70, 98, 126, 154, 182 dias e ao desmame (217 dias). Utilizou-se o procedimento Stepwise para seleção dos modelos de regressão linear múltipla, objetivando estimar a produção média diária de leite de acordo com o número de amostragens da produção de leite. Os dados foram submetidos à análise residual através dos testes de heterocedasticidade da variância (estatística ?²), normalidade (estatística W de Shapiro-Wilk) e diagnóstico de observações influentes (três observações foram excluídas de um n inicial=30), além do diagnóstico de multicolinearidade. Para a validação dos modelos de regressão selecionados, utilizou-se a estatística PRESS (predição da soma de quadrados do erro). Os dias das amostragens da produção de leite selecionados foram: 154 para 1 amostragem; 70 e 154 para 2 amostragens; 14, 70 e 154 para 3 amostragens; 14, 42, 70 e 154 para 4 amostragens; 14, 42, 70, 126 e 154 para 5 amostragens; 14, 42, 70, 126, 154 e 182 para 6 amostragens e 14, 42, 70, 98, 126, 154 e 182 para 7 amostragens.  Os R² ajustados para modelos com 1; 2; 3; 4; 5; 6 e 7 amostragens foram, respectivamente, 0,72; 0,87; 0,97; 0,97; 0,99; 0,99 e 0,99. Consideraram-se todos os modelos preditos com diferentes números de amostragens da produção de leite satisfatórios na estimativa da produção média diária de leite. Na possibilidade de executar diversas amostragens ao longo do período de lactação, três amostragens da produção de leite, em datas estrategicamente escolhidas ao longo do período de lactação, são suficientes para predizer com elevada precisão a produção média diária de leite.

PALAVRAS-CHAVES: Análise residual, lactação, regressão linear múltipla, seleção de variáveis independentes, técnicas de validação de modelos de regressão.

 

PALAVRAS-CHAVE: análise residual, lactação, regressão linear múltipla, seleção de variáveis independentes, técnicas de validação de modelos de regressão

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

02-04-2009

Como Citar

Pacheco, P. S., Restle, J., Freitas, A. K. de, Brondani, I. L., Silva, J. H. S. da, & Alves Filho, D. C. (2009). NÚMERO DE AMOSTRAGENS DA PRODUÇÃO DE LEITE PARA ESTIMATIVA DA PRODUÇÃO MÉDIA DIÁRIA DE LEITE EM VACAS CHAROLÊS. Ciência Animal Brasileira, 10(1), 135–145. Recuperado de https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/4262

Edição

Seção

Produção Animal