VALORES LEUCOCITÁRIOS E NÍVEL DE FIBRINOGÊNIO PLASMÁTICO DE BOVINOS COM PODODERMATITE

  • Naida Cristina Borges
  • Dirson Vieira
  • Luiz Antônio Franco da Silva
  • Maria Clorinda Soares Fioravanti

Resumo

Neste ensaio objetivou-se contribuir para a melhor compreensão dos fenômenos fisiopatológicos associados às lesões podais, por meio da determinação dos parâmetros leucocitários e dos níveis de fibrinogênio plasmático, de fêmeas bovinas com e sem pododermatite, criadas extensivamente em regiões do Estado de Goiás. Utilizaram-se 59 animais distribuídos no grupo I (controle – sem pododermatite), grupo II (fase inicial de pododermatite – sem lesão aparente), grupo III (pododermatite interdigital vegetativa) e grupo IV (pododermatite necrosante). Análise do leucograma dos bovinos do grupo II revelou elevação na contagem global número de leucócitos, neutrófilos bastonetes, neutrófilos segmentados e linfócitos, e redução no número de eosinófilos. PALAVRAS-CHAVES: Bovino, fibrinogênio, leucograma, pododermatite

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
31-10-2006
Como Citar
Borges, N. C., Vieira, D., Silva, L. A. F. da, & Fioravanti, M. C. S. (2006). VALORES LEUCOCITÁRIOS E NÍVEL DE FIBRINOGÊNIO PLASMÁTICO DE BOVINOS COM PODODERMATITE. Ciência Animal Brasileira, 7(1), 97-102. Recuperado de https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/382
Seção
Medicina Veterinária