OCORRÊNCIA DE Rhipicephalus sanguineus EM TRABALHADORES DE CLÍNICAS VETERINÁRIAS E CANIS, NO MUNICÍPIO DE GOIÂNIA, GO

  • Carla Cristina Braz Louly
  • Iracele Nogueira Fonseca
  • Vilma Ferreira de Oliveira
  • Lígia Miranda Ferreira Borges

Resumo

Rhipicephalus sanguineus é um parasito natural de cães que eventualmente pode parasitar outros hospedeiros, entre eles o homem. Para humanos, este carrapato é vetor do agente da febre botonosa (Rickettsia conori) na Europa e vetor potencial no Brasil dos agentes da febre maculosa (Rickettsia rickettsii) e da borreliose Lyme símile (Borrelia sp.). Considerando a importância deste carrapato, desenvolveu-se este trabalho com o objetivo de avaliar a sua ocorrência em humanos no Brasil, uma vez que não se conhecem outros relatos. A presença de carrapatos foi avaliada em 46 trabalhadores de ambos os sexos (25 mulheres e21 homens), de oito clínicas e três canis, por meio de questionário e da identificação dos carrapatos encontrados. Do total de pessoas avaliadas, 68% das mulheres e 71% dos homens relataram já ter encontrado carrapatos andando ou fixados, após contato com cães. Foram colhidos três larvas, uma ninfa e quatro adultos (três machos e uma fêmea) sendo todos identificados como da espécie R. sanguineus. Desta forma este é o primeiro relato do parasitismo de humanos por este carrapato no Brasil. PALAVRAS-CHAVE: Carrapatos de cão, humanos, Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
31-10-2006
Como Citar
Louly, C. C. B., Fonseca, I. N., Oliveira, V. F. de, & Borges, L. M. F. (2006). OCORRÊNCIA DE Rhipicephalus sanguineus EM TRABALHADORES DE CLÍNICAS VETERINÁRIAS E CANIS, NO MUNICÍPIO DE GOIÂNIA, GO. Ciência Animal Brasileira, 7(1), 103-106. Recuperado de https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/381
Seção
Nota Científica