COMPOSIÇÃO NUTRICIONAL E DIGESTIBILIDADE APARENTE DALEVEDURA ÍNTEGRA, DA LEVEDURA AUTOLISADA E DA PAREDE CELULAR PELA TILÁPIA-DO-NILO

  • Hamilton Hisano CPAO - EMBRAPA
  • Fernanda Garcia Sampaio UFSCAR
  • Margarida Maria Barros FMVZ/UNESP
  • Luiz Edivaldo Pezzato FMVZ/UNESP
Palavras-chave: Piscicultura, nutrição de peixes

Resumo

A composição nutricional e os coeficientes de digestibilidade aparente para matéria seca, proteína bruta, extrato etéreo, energia bruta, aminoácidos essenciais e aminoácidos não essenciais da levedura de álcool íntegra, levedura autolisada e parede celular spray dried foram avaliados para tilápia-do-nilo. Utilizou-se um total de oitenta peixes (83,0±8,5g), alojados em oito aquários de 250 L para alimentação e quatro de mesmo volume para a coleta de fezes, todos eles dotados de sistema de recirculação contínua de água, com filtro físico-biológico e temperatura controlada. Procedeu-se à avaliação dos resultados por meio do índice relativo de comparação, atribuindo-se o índice 100% ao nutriente da levedura íntegra. Concluiu-se que a levedura íntegra apresenta alto teor protéico e boa digestibilidade para os nutrientes e aminoácidos. Além disso, concluiu-se também que o processo de autólise confere melhora na digestibilidade para matéria seca, proteína, energia e a maior parte dos aminoácidos essenciais e não-essenciais, e que a parede celular não deve ser utilizada como fonte protéica, sugerindo seu uso como alimento funcional.
PALAVRAS-CHAVES: Aminoácidos, Oreochromis niloticus, Saccharomyces cerevisiaez

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
03-04-2008
Como Citar
Hisano, H., Sampaio, F. G., Barros, M. M., & Pezzato, L. E. (2008). COMPOSIÇÃO NUTRICIONAL E DIGESTIBILIDADE APARENTE DALEVEDURA ÍNTEGRA, DA LEVEDURA AUTOLISADA E DA PAREDE CELULAR PELA TILÁPIA-DO-NILO. Ciência Animal Brasileira, 9(1), 43-49. Recuperado de https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/3658
Seção
Produção Animal