NOTA CIENTÍFICA: BIOMETRIA DOS NEONATOS DE PACA CRIADOS EM CATIVEIRO (AGOUTI PACA, LINNAEUS, 1766)

Autores

  • Fabrício Singaretti de Oliveira
  • Márcia Rita Fernandes Machado
  • Júlio Carlos Canola
  • Mauro Henrique Bueno de Camargo

Palavras-chave:

Biometria, Paca

Resumo

A biometria proporciona dados importantes no peso e comprimento de neonatos de animais selvagens. Após detecção ultra-sonográfica da prenhez, 22 pacas fêmeas foram separadas em baias individuais e mantidas até o desmame dos filhotes. Os neonatos eram medidos com uma fita métrica flexível (entre as extremidades do focinho e da caudal) e então pesados em balança digital de precisão. Considerando-se machos e fêmeas, o comprimento dos neonatos (comprimento ± desvio padrão) foi 33,37 ± 0,57 cm. Entre os machos, o comprimento médio foi 33,30 ± 0,52 cm e entre as fêmeas foi de 33,45 ± 0,62 cm. Em relação ao peso e considerando-se machos e fêmeas, os neonatos pesavam (peso ± desvio padrão) 741,14 ± 51,23g. Entre os machos, o peso médio foi 717,75 ± 49,06g e entre as fêmeas 764,53 ± 53,40g. Os neonatos fêmeas são maiores e mais pesados que os neonatos machos de paca, mas as médias de peso e de comprimento de machos e fêmeas não diferiram entre si, pelo teste de Tukey (P<0.05).

Palavras-chaves: Biometria, neonatos, agouti paca.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

10-12-2007

Como Citar

Oliveira, F. S. de, Machado, M. R. F., Canola, J. C., & Camargo, M. H. B. de. (2007). NOTA CIENTÍFICA: BIOMETRIA DOS NEONATOS DE PACA CRIADOS EM CATIVEIRO (AGOUTI PACA, LINNAEUS, 1766). Ciência Animal Brasileira, 8(4), 863–865. Recuperado de https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/2710

Edição

Seção

Nota Científica