SENSIBILIDADE IN VITRO DE STAPHYLOCOCCUS AUREUS ISOLADOS DE AMOSTRAS DE LEITE DE VACAS COM MASTITE SUBCLÍNICA

  • Maria Auxiliadora Andrade
  • Francisco de Carvalho Dias Filho
  • Albenones José de Mesquita
  • Patrícia Tironi Rocha

Resumo

Foram submetidas a teste de sensibilidade in vitro a cinco antibióticos e quimioterápicos, 291 cepas de Staphylococcus aureus isolados de 667 amostras de leite procedentes de 375 vacas reagentes ao California Mastitis Test (CMT). Verificaram-se os seguintes percentuais de sensibilidade aos antimicrobianos: gentamicina, 90,72% (264/291); enrofloxacina, 89,35% (260/291); cefaperazona, 88,66% (258/291); kanamicina, 87,63% (255/291) e penicilina, 23,71% (69/291). PALAVRAS-CHAVE: Leite bovino, mastite subclínica, antimicrobianos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
19-10-2006
Como Citar
Andrade, M. A., Dias Filho, F. de C., Mesquita, A. J. de, & Rocha, P. T. (2006). SENSIBILIDADE IN VITRO DE STAPHYLOCOCCUS AUREUS ISOLADOS DE AMOSTRAS DE LEITE DE VACAS COM MASTITE SUBCLÍNICA. Ciência Animal Brasileira, 1(1), 53-57. Recuperado de https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/238
Seção
Medicina Veterinária