NÍVEIS DE ZINCO NA DIETA DE LEITÕES RECÉM-DESMAMADOS SOBRE O PERFIL DE PARÂMETROS SANGÜÍNEOS

  • Vânia Maria Arantes UFU
  • Maria Cristina Thomaz
  • Rodolfo Nascimento Kronka
  • Euclides Braga Malheiros
  • Vinicius Mundim de Barros
  • Eduardo Souza Pinto
  • Fábio Enrique Lemos Budiño
  • Alessandro Luís Fraga
  • Rizal Alcides Robles Huaynate
  • Urbano dos Santos Ruiz

Resumo

adição de diferentes níveis (0, 1.500, 3.000 e 4.500 ppm) de zinco (utilizando como fonte o ZnO) na dieta de leitões influencia o perfil de parâmetros sangüíneos (cálcio, cobre, ferro, zinco, hemoglobina (Hb)), hematócrito (Ht), proteínas séricas totais (PST), albumina (ALB), globulina (GLOB) e atividade enzimática sérica de fosfatase alcalina (FA), aspartato aminotransferase (ASP), alanina aminotransferase (ALT) e gama glutamil transferase (GGT)). Utilizaram-se sessenta leitões machos castrados, mestiços, desmamados aos 21 dias de idade, procedentes de sistema de criação em sítios separados, dentro dos períodos: Período 1 (P1), do desmame (dia zero) até 14 dias pós-desmame; Período 2 (P2), de 15 a 42 dias pós-desmame e Período Total (PT), do desmame aos 42 dias pós-desmame. As coletas de sangue foram efetuadas aos 0, 7, 14, 21 e 42 dias pós-desmame. Utilizou-se o DIC, num esquema em parcelas subdivididas, tendo como parcelas os quatro níveis de Zn nas rações, e como subparcelas os dias de coleta. Concluiu-se que a adição de 4.500 ppm de Zn por duas semanas pós-desmame pode elevar o nível sérico de Zn. Os parâmetros sangüíneos sofreram efeito do dia de coleta. PALAVRAS-CHAVES: Leitões desmamados, óxido de zinco, suínos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
04-07-2007
Como Citar
Arantes, V. M., Thomaz, M. C., Kronka, R. N., Malheiros, E. B., Barros, V. M. de, Pinto, E. S., Budiño, F. E. L., Fraga, A. L., Huaynate, R. A. R., & Ruiz, U. dos S. (2007). NÍVEIS DE ZINCO NA DIETA DE LEITÕES RECÉM-DESMAMADOS SOBRE O PERFIL DE PARÂMETROS SANGÜÍNEOS. Ciência Animal Brasileira, 8(2), 193-206. Recuperado de https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/1342
Seção
Produção Animal