Bocage: a poética da ruptura

Autores

  • Marcia Elizabeth Bortone

DOI:

https://doi.org/10.5216/sig.v9i1.7397

Resumo

O presente artigo objetiva fazer a análise de um poema de Manuel Maria
Barbosa du Bocage, tendo como enfoque principal o estudo da linguagem do descentramento que caracterizou sua poesia, motivada por relações de transformação, na qual a antiideologia assume caráter importante e revelador.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

11-09-2009

Como Citar

Bortone, M. E. (2009). Bocage: a poética da ruptura. Signótica, 9(1), 147–168. https://doi.org/10.5216/sig.v9i1.7397

Edição

Seção

Artigo