VERDADE E FICÇÃO EM TEXTOS UTÓPICOS

Autores

  • Bento Itamar Borges UFU

DOI:

https://doi.org/10.5216/phi.v7i1.3151

Resumo

Considerados do ponto de vista da teoria literária, os textos filosóficos que tratam explicitamente da política caem sobretudo sob os gêneros do tratado e do ensaio, mas, indiretamente, a teoria política sofre a influência das utopias, literárias ou experimentadas de fato. A validade de um tratado – e certamente também da enviesada crítica da economia política – depende do método que o sustenta, ao passo que no ensaio pesam as credenciais daquele que emite uma opinião. Por fim, cabe questionar o que significa o requisito da verdade nos textos utópicos, que variam da nostalgia ao sonho: o passado seria objeto da cronologia, que averiguaria a ocorrência de ilhas e paraísos, mas é muito difícil avaliar enunciados contrafatuais e sobre eventos futuros. A literatura sabe lidar com a ficção, enquanto a filosofia quer salvar pelo menos a crítica da pólis em seu momento presente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bento Itamar Borges, UFU

Departamento de Filosofia, UFU. Filosofia da linguagem

Downloads

Publicado

17-01-2008

Como Citar

Borges, B. I. (2008). VERDADE E FICÇÃO EM TEXTOS UTÓPICOS. Philósophos - Revista De Filosofia, 7(1). https://doi.org/10.5216/phi.v7i1.3151

Edição

Seção

Artigos Originais