ENVELHECIMENTO ACELERADO DE SEMENTES DE ESPÉCIES OLERÁCEAS

Autores

  • Rafael Marani Barbosa Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias - UNESP Campus de Jaboticabal
  • Denis Santiago da Costa
  • Marco Eustaquio de Sá

Palavras-chave:

Hortaliças, potencial fisiológico, Solanaceae, Brassicaceae, Asteraceae.

Resumo

A qualidade da semente utilizada no processo de produção agrícola é um dos principais fatores considerados para a implantação da cultura. Este trabalho objetivou estudar o efeito do nível de vigor no desempenho de sementes de seis espécies oleráceas. Sementes comerciais de alface, berinjela, brócolis, couve-flor, rúcula e tomate foram submetidas ao envelhecimento acelerado, por 48 e 72 horas, para obtenção de lotes com três níveis de vigor. Obteve-se um lote normal e dois envelhecidos por diferentes períodos. Após a obtenção dos lotes, as sementes foram submetidas a testes de germinação, condutividade elétrica, emergência de plântulas em bandeja, comprimento e massa seca de plântulas. O efeito do envelhecimento acelerado torna-se mais acentuado com o aumento do tempo de exposição das sementes às condições de alta umidade relativa do ar e elevada temperatura. Esta exposição reduz, mais acentuadamente, a qualidade das sementes para algumas espécies, como alface, couve-flor e rúcula, que para outras, como brócolis, tomate e berinjela. Sementes de menor vigor, além de menor germinação e menor emergência, apresentam lentidão no processo de formação de mudas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafael Marani Barbosa, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias - UNESP Campus de Jaboticabal

Universidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Departamento de Produção Vegetal,
Jaboticabal, SP, Brasil.

Denis Santiago da Costa

Universidade de São Paulo (USP), Escola Superior de Agronomia Luiz de Queiroz, Departamento de Produção Vegetal, Piracicaba, SP, Brasil.

Marco Eustaquio de Sá

Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Engenharia (FE/Unesp), Departamento de Fitotecnia, Tecnologia de Alimentos e
Socioeconomia, Ilha Solteira, São Paulo, Brasil.

Downloads

Publicado

29-08-2011

Como Citar

BARBOSA, R. M.; COSTA, D. S. da; SÁ, M. E. de. ENVELHECIMENTO ACELERADO DE SEMENTES DE ESPÉCIES OLERÁCEAS. Pesquisa Agropecuária Tropical, [S. l.], v. 41, n. 3, p. 328–335, 2011. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/9738. Acesso em: 14 maio. 2021.

Edição

Seção

Produção Vegetal