ERODIBILIDADE DO SOLO NOS TABULEIROS COSTEIROS

Autores

  • Sérgio Gualberto Martins Centro Universitário de Lavras (UNILAVRAS)
  • Junior Cesar Avanzi Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
  • Marx Leandro Naves Silva Universidade Federal de Lavras
  • Nilton Curi Universidade Federal de Lavras
  • Sebastião Fonseca Fíbria Celulose S. A.

Palavras-chave:

Fator K, atributos de solo, solos coesos.

Resumo

Para determinar perdas de solo por erosão hídrica, em diferentes situações, são utilizados modelos de predição de erosão, como a Equação Universal de Perdas de Solo (EUPS). A aplicação destes modelos, no planejamento agrícola e ambiental, depende da determinação dos fatores da EUPS, dentre estes a erodibilidade (fator K). Este estudo teve como objetivo determinar a erodibilidade, para as principais classes de solos da região dos Tabuleiros Costeiros, em Aracruz (ES). O experimento foi instalado nos seguintes solos: Argissolo Amarelo textura média/argilosa (PA1), Plintossolo Háplico (FX) e Argissolo Amarelo moderadamente rochoso (PA2). Para o cálculo da erodibilidade, foram utilizados dados de erosividade e de perdas de solo de novembro de 1997 a maio de 2004. As coletas de perdas de solo foram realizadas para cada evento de chuva considerada erosiva. Os valores de erodibilidade foram 0,007 Mg h MJ-1 mm-1; 0,017 Mg h MJ-1 mm-1; e 0,0004 Mg h MJ-1 mm-1, para PA1, FX e PA2, respectivamente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sérgio Gualberto Martins, Centro Universitário de Lavras (UNILAVRAS)

Engenheiro Florestal. Professor da UNILAVRAS

Junior Cesar Avanzi, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária

Engenheiro Agrícola. Pesquisador em Ciência do Solo da Embrapa Pesca e Aquiculura

Marx Leandro Naves Silva, Universidade Federal de Lavras

Engenheiro Agrônomo. Professor do Departamento de Ciência do Solo-UFLA

Nilton Curi, Universidade Federal de Lavras

Engenheiro Agrônomo. Professor do Departamento de Ciência do Solo-UFLA

Sebastião Fonseca, Fíbria Celulose S. A.

Engenheiro Florestal. Pesquisador da Fíbria Celulose S. A.

Downloads

Publicado

17-08-2011

Como Citar

MARTINS, S. G.; AVANZI, J. C.; SILVA, M. L. N.; CURI, N.; FONSECA, S. ERODIBILIDADE DO SOLO NOS TABULEIROS COSTEIROS. Pesquisa Agropecuária Tropical, [S. l.], v. 41, n. 3, p. 322–327, 2011. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/9604. Acesso em: 15 jun. 2021.

Edição

Seção

Ciência do Solo