AVALIAÇÃO DO GRÃO DE MILHETO (Pennisetum americanum) EM SUBSTITUIÇÃO AO MILHO (Zea mays) EM RAÇÕES PARA CABRAS EM LACTAÇÃO

  • Aldi Fernandes de souza França UFG
  • Miguel Joaquim Dias UFG
  • Geisa Fleury Orsine UFG
  • João Teodoro de Pádua UFG
Palavras-chave: Milheto, ração, cabras, lactação

Resumo

A adoção do sistema de plantio direto na região Centro-Oeste, notadamente nos Estados de Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, fez com que a cultura do milheto se expandisse na região, tendo em vista o seu alto potencial de produção de biomassa, a qual é utilizada para cobertura morta do solo no referido sistema. Entretanto, além da biomassa, a cultura considerada como um excedente ou subproduto, vem sendo testada na formulação de ração para animais domésticos. O presente trabalho foi conduzido no Setor de Caprinocultura da Escola de Veterinária / UFG, tendo como objetivo avaliar a substituição do milho pelo grão de rnilheto, na formulação de rações para cabras em lactação. Dezesseis cabras da raça Alpina foram distribuídas em um delineamento em quadrado latino e submetidas a quatro tratamentos com níveis crescentes de substituição, assim constituídos: T1 - 0%; T2 - 33%; T3 - 66% e T4 - 99%. Os resultados obtidos pelas análises foram tabulados e, posteriormente, submetidos à análise de variância, que evidenciou efeito não significativo (P>0,05) dos tratamentos sobre a produção de leite, matéria graxa (MG), matéria mineral (MM), extrato seco total (EST), extrato seco desengordurado (ESD), acidez (AC) e crioscopia (CRIO), enquanto a proteína bruta não foi influenciada (P>0,05).

PALAVRAS-CHAVE: Milheto; ração; cabras; lactação.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
18-12-2007
Como Citar
FRANÇA, A. F. DE SOUZA; DIAS, M. J.; ORSINE, G. F.; PÁDUA, J. T. DE. AVALIAÇÃO DO GRÃO DE MILHETO (Pennisetum americanum) EM SUBSTITUIÇÃO AO MILHO (Zea mays) EM RAÇÕES PARA CABRAS EM LACTAÇÃO. Pesquisa Agropecuária Tropical, v. 27, n. 1, p. 121-126, 18 dez. 2007.
Seção
Artigo Científico