CONTROLE QUÍMICO DA Scrobipalpuloides absoluta Meyrick, 1971 SOBRE TOMATEIRO INDUSTRIAL COM INSETICIDA FISIOLÓGICO INIBIDOR DA ECDISE

  • Antônio Lopes da Silva UFG
  • Iraídes Fernandes Carneiro UFG
  • Regis de Castro Ferreira UFG
  • Danilo Couto UFG
  • Itamar Pires Lima Júnior UFG
Palavras-chave: Tomateiro, controle químico, traça, Scrobipalpuloides absoluta

Resumo

Foi realizado, no município de Goiânia (GO), no período de maio a outubro de 1994, um experimento visando ao controle químico da traça (S. absoluta) no tomateiro, cultura rasteira. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso com sete tratamentos em quatro repetições. Cada unidade experimental foi constituída de quatro linhas com cinco metros de comprimento, um metro entre linhas da cultivar Roma VF. Os produtos utilizados foram: Atabron 50 CE (Clorfluazuron) nas doses de 0,5; 0,75; 1,0 e 1,5 litro por hectare do produto comercial; Vertimec 18 CE (Abamectin): 1,0 litro por hectare, acrescido de 0,25% de óleo mineral; Cartap 500 BR (Cartap) na dose de 0,96 kg/hectare; e uma testemunha. Foram realizadas quatro aplicações consecutivas, semanalmente, a partir do aparecimento dos primeiros adultos da praga na cultura, gastando-se 1.000 litros de calda/hectare. Pelos resultados obtidos, pode-se concluir que o Atabron 50 CE controlou eficientemente a S. absoluta nas dosagens a partir de 0,75 litro (37,5 g i.a.) por hectare, igualando-se ao Vertimec, até 21 dias após a última aplicação, e sendo superior ao Cartap. O Atabron apresentou um controle que variou entre 86,4 a 93,8% de eficiência.

PALAVRAS-CHAVE: Tomateiro; controle químico; traça; Scrobipalpuloides absoluta.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
14-12-2007
Como Citar
SILVA, A. L. DA; CARNEIRO, I. F.; FERREIRA, R. DE C.; COUTO, D.; LIMA JÚNIOR, I. P. CONTROLE QUÍMICO DA Scrobipalpuloides absoluta Meyrick, 1971 SOBRE TOMATEIRO INDUSTRIAL COM INSETICIDA FISIOLÓGICO INIBIDOR DA ECDISE. Pesquisa Agropecuária Tropical (Agricultural Research in the Tropics), v. 25, n. 2, p. 67-72, 14 dez. 2007.
Seção
Artigo Científico