SELETIVIDADE DE INSETICIDAS AOS PREDADORES DAS PRAGAS DO ALGODOEIRO

Autores

  • Julio Cezar Silveira Nunes
  • Antônio Lopes da Silva
  • Valquíria da Rocha Santos Veloso
  • Stanley Vaz Santos
  • Selby Pereira dos Santos

Palavras-chave:

Insecta, inseticidas, algodão, predadores

Resumo

A seletividade de inseticidas para o complexo das pragas do algodoeiro foi avaliada em experimento de campo, em Goiânia (GO), durante a safra 1998/99. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso com sete tratamentos testemunha, clorfluazuron, B. thuringiensis, alanycarb, endosulfan e acephate em duas dosagens), em quatro repetições. As amostragens foram realizadas em pré-aplicação; aos dois, sete e quatorze dias após as pulverizações. Pelos resultados obtidos (fórmula de Herderson & Tilton), os produtos, na ordem decrescente de seletividade, foram: alanycarb, clorfluazuron, B. thuringiensis, endosulfan e acephate.

PALAVRAS-CHAVE: Insecta; inseticidas; algodão; predadores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Julio Cezar Silveira Nunes


 

 

Antônio Lopes da Silva


Valquíria da Rocha Santos Veloso


Stanley Vaz Santos


Downloads

Publicado

13-12-2007

Como Citar

NUNES, J. C. S.; SILVA, A. L. da; VELOSO, V. da R. S.; SANTOS, S. V.; SANTOS, S. P. dos. SELETIVIDADE DE INSETICIDAS AOS PREDADORES DAS PRAGAS DO ALGODOEIRO. Pesquisa Agropecuária Tropical, [S. l.], v. 29, n. 1, p. 71–75, 2007. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/2886. Acesso em: 10 abr. 2021.

Edição

Seção

Artigo Científico