PRESERVAÇÃO DE FEIJÃO ARMAZENADO, TRATADO COM INSETICIDA DE ORIGEM BIOLÓGICA DO GRUPO DAS AVERMECTINAS

Autores

  • Valquíria da Rocha Santos Veloso UFG
  • Edvânia Mayumi Itii UFG
  • Sandra Maria de Oliveira UFG
  • Sandra Queiroz Porto Mesquita UFG

Resumo

Com o objetivo de investigar novas alternativas no controle de Acanthoscelides obtectus em grãos de feijão, foi realizado o presente trabalho, em que se verifica a eficiência do princípio ativo do inseticida abamectin. O delineamento experimental adotado foi o inteiramente casualizado em esquema fatorial 6 X 7, com 3 repetições, sendo 6 tratamentos de grãos e 7 períodos de armazenamento. Utilizaram-se grãos de feijão ‘EMGOPA - 201’, que foram tratados com abamectin nas dosagens de 1,0; 3,0 e 5,0 ppm, pirimifós-metil (10 ppm) e deltametrina + fenitrothion (0,4 + 7,5 ppm), além da testemunha. Após o tratamento, amostras dos grãos foram retiradas e acondicionadas em frascos de vidro com tampa telada e infestadas com 20 insetos não sexados. A eficiência dos inseticidas foi avaliada aos 02, 30, 60, 90, 120, 150 e 180 dias após a aplicação dos produtos. Observou-se que a partir de 30 dias de armazenamento todos os produtos reduziram o número de insetos vivos nas amostras e que o inseticida abamectin deve ser recomendando na dosagem de 3,0 ppm.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

04-12-2007

Como Citar

VELOSO, V. da R. S.; ITII, E. M.; OLIVEIRA, S. M. de; MESQUITA, S. Q. P. PRESERVAÇÃO DE FEIJÃO ARMAZENADO, TRATADO COM INSETICIDA DE ORIGEM BIOLÓGICA DO GRUPO DAS AVERMECTINAS. Pesquisa Agropecuária Tropical, [S. l.], v. 21, n. 1, p. 153–161, 2007. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/2612. Acesso em: 29 nov. 2021.

Edição

Seção

Artigo Científico