AVALIAÇÃO DO EFEITO DE RESÍDUOS ORGÂNICOS DE SUÍNOS NA PRODUÇÃO DE FEIJÃO COMUM (Phaseolus vulgaris L.)

  • Magda Beatriz de almeida Matteuci UFG
  • Haroldo Rodrigues da Cunha UFG

Resumo

Conduziu-se um experimento para testar o efeito da adubação orgânica (Chorume de suíno) na produção de grãos de feijão-comum (Phaseolus vulgaris L.), CV. Carioca, em um solo LE de baixa fertilidade, elevada acidez (pH = 4,8), toxidez média de A1+ + + (0,5 meq./100ml), com teores médios de P (6,1 ppm) e de K+ (53 ppm) nas dependências da Escola de Agronomia da UFG, Goiânia, Goiás. Utilizou-se o delineamento em blocos casualizados, e os tratamentos: adubação NPK (T1), calagem (T2), chorume de suínos (T3), adubação NPK + chorume de suíno + calagem (T4) e adubação NPK + calagem (T5), com 4 repetições. Obtiveram-se as produções médias de grãos + T2 (calagem) + 400,7 kg/ha; T1 (adubação NPK) = 537,8 kg/ha; T3 (chorume de suíno) = 576,4; T5 (calagem + adubação NPK) 577,1 kg/ha; T4 (calagem + adubação NPK + chorume de suíno) = 916,4 kg/ha. O tratamento “completo” - calagem + adubação NPK + chorume de suíno apresentou a produção mais elevada ao passo que os demais não diferiram significativamente entre si. Todavia o tratamento com chorume de suíno proporcionou produção equivalente à obtida com as recomendações convencionais da adubação NPK, nas condições desse experimento. Devido à fácil obtenção do chorume de suíno pode ser uma alternativa econômica de adubação de feijão comum em lavouras de pequeno porte, já que a produtividade obtida se equipara à média nacional (500 kg/ha).

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
03-12-2007
Como Citar
MATTEUCI, M. B. DE ALMEIDA; CUNHA, H. R. DA. AVALIAÇÃO DO EFEITO DE RESÍDUOS ORGÂNICOS DE SUÍNOS NA PRODUÇÃO DE FEIJÃO COMUM (Phaseolus vulgaris L.). Pesquisa Agropecuária Tropical, v. 20, n. 1, p. 39-44, 3 dez. 2007.
Seção
Artigo Científico