DESENVOLVIMENTO E PRODUÇÃO DO QUIABEIRO EM FUNÇÃO DAS DATAS DE PLANTIO

Autores

  • Peter Ernst Sonnenberg
  • Natan Fontoura da Silva

Palavras-chave:

Abelmoschus esculentus, data de plantio, épocas de plantio

Resumo

A influência de quatro épocas de plantio (15 de maio, 15 de junho, 15 de julho e 15 de agosto de 1998) no desenvolvimento e na produção do quiabeiro (Abelmoschus esculentus (L) Moench) (cv. Santa Cruz 47) foi investigada em Goiânia, GO. O experimento foi conduzido na Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos da Universidade Federal de Goiás, em Latossolo Vermelho Amarelo, cultivado há muitos anos. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados com quatro repetições. Foram encontradas diferenças significativas (Tukey 5%) entre épocas de plantio, para as seguintes características: número de frutos produzidos durante as trinta primeiras colheitas, altura das plantas no início da colheita, número de ramos laterais e número de dias da semeadura ao início do florescimento, ao início da colheita e ao início da colheita em 75% das covas. A temperatura média dos meses seguintes às datas de plantio aumentou de maio para agosto. Observou-se uma redução do período da semeadura até o início do florescimento, até o início da colheita e até o início da colheita em 75% das covas. O número de ramos laterais também foi reduzido no mesmo período. Entretanto verificou-se aumento na altura das plantas e no rendimento das primeiras trinta colheitas.

PALAVRAS-CHAVE: Abelmoschus esculentus; data de plantio; épocas de plantio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Natan Fontoura da Silva

Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos, Universidade Federal de Goiás. C.P. 131, CEP 74001-970, Goiânia-GO.

Downloads

Publicado

22-11-2007

Como Citar

SONNENBERG, P. E.; SILVA, N. F. da. DESENVOLVIMENTO E PRODUÇÃO DO QUIABEIRO EM FUNÇÃO DAS DATAS DE PLANTIO. Pesquisa Agropecuária Tropical, [S. l.], v. 32, n. 1, p. 33–37, 2007. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/2438. Acesso em: 27 out. 2021.

Edição

Seção

Artigo Científico