TEOR DE PROTEÍNA NO GRÃO EM POPULAÇÕES DE MILHO DE ALTA QUALIDADE PROTÉICA E SEUS CRUZAMENTOS

  • Jaison Pereira de Oliveira
  • Lázaro José Chaves
  • João Batista Duarte
  • Edward Madureira Brasil
  • Leonides Teodoro Ferreira Junior
  • Keyla de Oliveira Ribeiro
Palavras-chave: Zea mays, proteína, qualidade nutricional, QPM, dialelo

Resumo

O milho é um alimento de alto valor energético e de baixo valor protéico. Além disso, apresenta uma carência em aminoácidos essenciais como lisina e triptofano. O objetivo deste trabalho foi avaliar populações de milho de alta qualidade protéica (QPM) e seus cruzamentos, quanto ao teor de proteína total no grão, determinando-se a heterose e seus componentes, como subsídio para programas de melhoramento genético. As análises foram executadas em 96 híbridos, provenientes de oito populações de grãos dentados e treze de grãos duros, incluindo os genitores, em um esquema dialélico parcial intergrupos. A proteína total em amostras de grãos foi determinada utilizando-se o método de Kjeldahl. Os resultados da análise de variância apresentaram significância para todos os efeitos do modelo, revelando heterogeneidade entre e dentro dos grupos, além da existência de heterose. Com relação ao teor de proteína total, a média do grupo dentado foi de 9,67 g/100g e a do grupo duro, de 10,51 g/100g, enquanto nas combinações híbridas a média foi de 11,86 g/100g. A média geral, envolvendo todos os genitores e cruzamentos, foi de 11,61 g/100g. A heterose média correspondeu a 17,58%, revelando uma superioridade média dos híbridos em relação aos genitores. Os melhores genitores quanto à capacidade geral de combinação foram CMS 454, CMS 474 e ZQP 103 (dentados) e o CMS 453, BR 473, CMS 463, CMS 458 e ZQP 102 (duros). Tais genótipos são os potencialmente indicados para formação de compostos QPM com alto teor de proteína.

PALAVRAS-CHAVE: Zea mays; proteína; qualidade nutricional; QPM; dialelo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jaison Pereira de Oliveira
Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos, Universidade Federal de Goiás, C. Postal 131, CEP 74001-970, Goiânia, GO.
E-mail: jaison@gmail.com;
Publicado
11-11-2007
Como Citar
OLIVEIRA, J. P. DE; CHAVES, L. J.; DUARTE, J. B.; BRASIL, E. M.; FERREIRA JUNIOR, L. T.; RIBEIRO, K. DE O. TEOR DE PROTEÍNA NO GRÃO EM POPULAÇÕES DE MILHO DE ALTA QUALIDADE PROTÉICA E SEUS CRUZAMENTOS. Pesquisa Agropecuária Tropical (Agricultural Research in the Tropics), v. 34, n. 1, p. 45-51, 11 nov. 2007.
Seção
Artigo Científico