DADOS DE UMA PROVA DE GANHO DE PESO PARA SELEÇÃO DE REPRODUTORES BOVINOS DE CORTE

Autores

  • José Magno Pato UFG
  • Francisco Eduardo Galvão UFG

Resumo

O presente trabalho foi realizado em Goiânia - Goiás e teve como objetivos iniciar a seleção de reprodutores através do "feeding-test" e verificar possíveis diferenças de ganhos em peso e pesos finais entre as raças Gir e Nelore. Foram utilizados 48 bezerros controlados e submetidos às mesmas condições de manejo e alimentação: 50% de milho desintegrado (espiga inteira), 25% de fubá de milho, 20% de farelo de algodão e 5% de feno de alfafa. O experimento durou 140 dias e demonstrou que, em termos de ganho e velocidade de ganho em peso, 50% dos animais estavam aptos para a reprodução. Observou-se que existem grandes diferenças de pesos e ganhos em peso tanto dentro quanto entre as raças. Os animais da raça Nelore superam os da raça Gir em peso inicial (198,4 x 178,9 kg), ganho em peso (114,3 x 104,9 kg), mas a significância estatística só foi atingida para os pesos finais. Outras provas deverão ser realizadas, corrigindo-se as falhas aqui apontadas, e trarão certamente melhores informações.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

29-10-2007

Como Citar

PATO, J. M.; GALVÃO, F. E. DADOS DE UMA PROVA DE GANHO DE PESO PARA SELEÇÃO DE REPRODUTORES BOVINOS DE CORTE. Pesquisa Agropecuária Tropical, [S. l.], v. 5, n. 1, p. 27–33, 2007. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/2194. Acesso em: 24 jan. 2022.

Edição

Seção

Artigo Científico