DESORDENS NUTRICIONAIS POR DEFICIÊNCIA EM GIRASSOL var. CATISSOL-01

Autores

  • Renato de Mello Prado
  • Renata Moreira Leal

Palavras-chave:

Helianthus annuus, deficiência, desordem

Resumo

Objetivando-se avaliar o efeito da omissão de macronutrientes, de boro e de zinco no crescimento, na produção de matéria seca, nos sintomas visuais e no estado nutricional de plantas de girassol. Conduziu-se um experimento em solução nutritiva aerada. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com nove tratamentos, que corresponderam à solução completa (macro e micronutrientes) e à omissão individual de N, P, K, Ca, S, Mg, B e Zn, em duas repetições. Avaliou-se a altura das plantas, o número de folhas, o diâmetro do caule, a área foliar e a matéria seca, além do teor foliar de macro e micronutrientes. As omissões individuais de N, P, K e Ca foram as mais limitantes para o crescimento vegetativo do girassol, avaliado sobre a produção de matéria seca das plantas. Isso resultou em alterações morfológicas que se traduziram em sintomas visuais característicos da deficiência nutricional de cada elemento.

PALAVRAS-CHAVE: Helianthus annuus; deficiência; desordem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renato de Mello Prado

Depto. Solos e Adubos, Fac. de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV), Universidade Estadual Paulista. Bolsista PQ do CNPq.
Via de Acesso Prof. Paulo Donato Castellane, s/n. CEP 14870-000 Jaboticabal, SP. E-mail: rmprado@fcav.unesp.br

Downloads

Publicado

24-10-2007

Como Citar

PRADO, R. de M.; LEAL, R. M. DESORDENS NUTRICIONAIS POR DEFICIÊNCIA EM GIRASSOL var. CATISSOL-01. Pesquisa Agropecuária Tropical, [S. l.], v. 36, n. 3, p. 187–193, 2007. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/2046. Acesso em: 29 nov. 2021.

Edição

Seção

Artigo Científico