EFEITOS DA TEMPERATURA DE INCUBAÇÃO SOBRE O FUNGO colletotrichum gossypii South. var. cephalosporioides Costa

Autores

  • Yvo de Carvalho UFG
  • Carluce Gomes de Sá e Carvalho UFG

Resumo

Estudou-se o efeito da temperatura de incubação sobre o crescimento vegetativo, esporulação e morfologia da colônia do fungo Colletotrichum gossypii South. var. cephalosporioides Costa, em substrato de batata + dextrose + agar, pH 5,6. O delineamento experimental usado foi o de blocos casualizados e as temperaturas variaram de 12 a 33°C, a intervalos de 3° C. Concluiu-se que a temperatura de incubação afeta notavelmente o crescimento vegetativo, a esporulação e a morfologia da colônia do fungo. Temperaturas acima da faixa ótima provocaram modificações mais acentuadas sobre o crescimento miceliano, esporulação e aspecto morfológico, do que temperaturas baixas. Conídios produzidos em temperaturas extremas, 12 a 33°C, mostraram-se mais curtos que os dos demais tratamentos. A incubação à temperatura de 27°C é a mais recomendável para produção de inóculos em quantidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

22-10-2007

Como Citar

CARVALHO, Y. de; CARVALHO, C. G. de S. e. EFEITOS DA TEMPERATURA DE INCUBAÇÃO SOBRE O FUNGO colletotrichum gossypii South. var. cephalosporioides Costa. Pesquisa Agropecuária Tropical, [S. l.], v. 3, n. 1, p. 1–11, 2007. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/2025. Acesso em: 12 jun. 2021.

Edição

Seção

Artigo Científico