Características da produção sucroalcooleira na microrregião Ceres – GO: uma abordagem sobre as políticas, a safra e a obtenção de terras - DOI 10.5216/ag.v5i1.13832

Autores

  • Lara Cristine Gomes Ferreira UFG
  • João Batista de Deus UFG

DOI:

https://doi.org/10.5216/ag.v5i1.13832

Resumo

A microrregião Ceres destaca-se no Centro Goiano na produção de cana-de-açúcar e na quantidade de empreendimentos sucroalcooleiros, sendo 6 em funcionamento e 5 em processo de cadastro/implantação. Algumas políticas públicas destacaram-se no processo de uso e ocupação dessa região; algumas influenciaram sobremaneira a expansão canavieira, bem como a implantação de empreendimentos sucroalcooleiros; podem-se citar: a CANG, o Proálcool, e os Programas de incentivos fiscais, como o Fomentar e o Produzir. A dinâmica do município e região, a qual o empreendimento está instalado é modificada pela atividade canavieira; um exemplo claro é a dinâmica de obtenção de terras para o cultivo da cana, que perpassa as fronteiras dos municípios sede das usinas, ou seja, os municípios vizinhos produzem cana, por meio de arrendamentos de terras, para serem beneficiadas nos municipios que contêm usinas. Os arrendamentos acabam beneficiando os produtores com grandes propriedades rurais, além de ser fator para o êxodo rural e outras consequências negativas, como o desemprego estrutural do pequeno produtor na cidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

06-04-2011

Como Citar

Ferreira, L. C. G., & de Deus, J. B. (2011). Características da produção sucroalcooleira na microrregião Ceres – GO: uma abordagem sobre as políticas, a safra e a obtenção de terras - DOI 10.5216/ag.v5i1.13832. Ateliê Geográfico, 5(1), 196–218. https://doi.org/10.5216/ag.v5i1.13832

Edição

Seção

Artigos