Uma revista em guerra: a revista O Cruzeiro nos primeiros anos da Guerra Fria no Brasil DOI10.5216/o.v14iespecial.32678

Autores

  • Lilian Marta Grisolio Universidade Federal de Goiás – Regional Catalão (UFG), Catalão, GO

DOI:

https://doi.org/10.5216/o.v14iEspecial.32678

Palavras-chave:

Americanização, Modernização, O Cruzeiro.

Resumo

Este artigo tem por objetivo apresentar a revista O Cruzeiro e sua posição em defesa pela modernização capitalista com base no modelo estadunidense, em detrimento da opção comunista que se apresenta no pós-guerra. Nosso objetivo é compreender como aparece numa revista de variedades o discurso sobre a modernização do país assumindo o modelo estadunidense e defendendo um tipo de desenvolvimento para a sociedade permeado de valores americanizados em todas as esferas sociais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lilian Marta Grisolio, Universidade Federal de Goiás – Regional Catalão (UFG), Catalão, GO

Doutora em História Social pela PUC-SP. Professora do Departameno de história da Universidade Federal de Goiás - UFG/CAC. É pesquisadora do grupo POLITHICULT - Núcleo de Estudos de Política, História e Cultura da PUC-SP vinculado ao CNPq e do grupo DIAOLGUS da UFG.

Downloads

Publicado

16-03-2015

Como Citar

Grisolio, L. M. (2015). Uma revista em guerra: a revista O Cruzeiro nos primeiros anos da Guerra Fria no Brasil DOI10.5216/o.v14iespecial.32678. OPSIS, 14(Especial), 476–494. https://doi.org/10.5216/o.v14iEspecial.32678

Edição

Seção

Dossiê América Latina no contexto da Guerra Fria