Continuidade e ruptura nos estudos de gênero – historiografia de um conceito DOI 10.5216/o.v11i1.14529

Autores

  • James Deam Amaral Freitas Universidade Federal de Goiás Instituto Federal Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.5216/o.v11i1.14529

Palavras-chave:

Gênero, Historiografia, Feminismo

Resumo

RESUMO: Este texto busca resgatar a elaboração e desenvolvimento do termo gênero, que, por seu caráter polissêmico e histórico, é estabelecido como conceito e/ou categoria de análise, sobretudo no âmbito da produção teórica do feminismo, movimento social que forneceu as bases para a construção do conceito de gênero e a sua incorporação aos estudos da contemporaneidade Palavras-Chave: Gênero. Feminismo. Historiografia. ABSTRACT: This paper aims at rescuing the elaboration and development of the term gender. By virtue of its polissemy and history this term has been chiefly established as a concept and/or analysis category under the theoretical production of the feminist scope. Feminism is regarded as the social movement which has provided the bases to the construction of gender and its incorporation to the studies in the contemporaneity. Keywords: Gender. Feminism. Historiography

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

James Deam Amaral Freitas, Universidade Federal de Goiás Instituto Federal Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás

Possuo mestrado em Letras e Linguística pela Universidade Federal de Goiás (2005), Especialização em Linguística Aplicada ao Ensino de Língua Materna pela Universidade Federal de Uberlândia (1999) e Licenciatura em Letras pela Universidade Federal de Goiás (1996). Atualmente, leciono Língua Portuguesa, com vínculo efetivo, no Instituto Federal de Goiás - IFG - Campus Inhumas e curso doutorado em Estudos Linguisticos na UFG.

Downloads

Publicado

02-09-2011

Como Citar

Amaral Freitas, J. D. (2011). Continuidade e ruptura nos estudos de gênero – historiografia de um conceito DOI 10.5216/o.v11i1.14529. OPSIS, 11(1), 15–30. https://doi.org/10.5216/o.v11i1.14529

Edição

Seção

Dossiê Estudos de Gênero: história, historiografia e pesquisa