Figurações do feminino na fabricação do mundo do trabalho. Minas Gerais, 1889 – 1930 DOI 10.5216/o.v11i1.14422

Autores

  • Florisvaldo Paulo Ribeiro Junior Universidade Federal de Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.5216/o.v11i1.14422

Palavras-chave:

Mulheres, mundo do trabalho, trabalhador nacional, Minas Gerais.

Resumo

RESUMO: Ao analisarmos as representações do mundo do trabalho e as tentativas de conformação do trabalhador nacional observamos que as mulheres se transformaram em alvo das interpelações. Os discursos tinham em vista o estabelecimento de um padrão de conduta, em que se destacavam imagens normativas para esposas, mães e filhas, representando-as como imprescindíveis à instituição de uma sociedade ordenada, progressista e civilizada. Palavras-Chave: Mulheres. Mundo do trabalho. Trabalhador nacional. Minas Gerais. ABSTRACT: Reviewing the representations of the world of work and the attempts to shaping the national worker we observed that women have become the target of notices. The speeches were intended to establish a pattern of conducting in normative images that stood out for wives, mothers and daughters, representing them as essential to the establishment of an orderly, progressive and civilized society. KEYWORDS: Women. World of work. National worker. Minas Gerais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Florisvaldo Paulo Ribeiro Junior, Universidade Federal de Uberlândia

Doutor em História pela Universidade de Brasilia. Professor - Adjunto no Instituto de História da Universidade Federal de Uberlândia. Integrante do Neguem. Desenvolve pesquisas sobre a vida das mulheres pobres na região do Triângulo Mineiro Oitocentista.

Downloads

Publicado

02-09-2011

Como Citar

Junior, F. P. R. (2011). Figurações do feminino na fabricação do mundo do trabalho. Minas Gerais, 1889 – 1930 DOI 10.5216/o.v11i1.14422. OPSIS, 11(1), 31–56. https://doi.org/10.5216/o.v11i1.14422

Edição

Seção

Dossiê Estudos de Gênero: história, historiografia e pesquisa