Ser Professor na Escola Técnica Federal do Pará – ETFPA nos tempos da Ditadura Civil-Militar

história de vida e identidade docente

Autores

  • Natália Conceição Silva Barros Cavalcanti Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA), Belém, Pará, Brasil, natibarros1@yahoo.com.br
  • Gustavo Barbosa Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG), Curvelo, Minas Gerais, Brasil, gustavoufop@yahoo.com.br

DOI:

https://doi.org/10.5216/hr.v25i2.64308

Resumo

O artigo percorre uma das entrevistas realizadas pela equipe da Pesquisa "Ser Professor em uma Escola Técnica Federal nos tempos da Ditadura Civil-Militar: história de vida e identidade docente ( ETFPA 1968-1985)”, desenvolvida entre 2018 e 2019 no Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Pará. Trilhamos por relatos que podem permitir a compreensão de elementos diversos sobre o ensino na EPT dos anos 70, a construção e desenvolvimento da carreira docente e das relações políticas e sociais tecidas dentro de uma instituição centenária, voltada para formação profissional da juventude trabalhadora. Ao vincular-se aos paradigmas da História Oral de Vida, a pesquisa oportuniza um olhar diferente, qualitativo e holístico sobre a docência em uma Escola Técnica Federal. A abordagem consiste em perceber o “ser professor/a” na sua totalidade, articulando a história de vida à formação docente.

Palavras-chaves: Educação Profissional e Tecnológica; Docência; História Oral.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Natália Conceição Silva Barros Cavalcanti, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA), Belém, Pará, Brasil, natibarros1@yahoo.com.br

Doutora em História pela Universidade Federal de Pernambuco- UFPE. Docente do PROFEPT- Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica e da Licenciatura em História do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Pará. No presente momento, suas investigações investem em temas  circunscritos empiricamente ao Ensino Médio Integrado, tais como Juventude, Sexualidades e mundo do trabalho; Epistemologia Feminista, Formação Docente e Ensino de História; Memória e Organização da EPT;

Gustavo Barbosa, Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG), Curvelo, Minas Gerais, Brasil, gustavoufop@yahoo.com.br

Professor EBTT do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG). Possui graduação em História pela Universidade Federal de Ouro Preto (2006), mestrado (2010) e doutorado (2015) em História Social da Cultura na Universidade Federal de Minas Gerais. Desenvolve atividades como professor na área de História e Educação. Atua como pesquisador na área de "História das Instituições Escolares"; "História da Educação Profissional" e "História Oral".

Downloads

Publicado

20-10-2020

Como Citar

Barros Cavalcanti, N. C. S., & Barbosa, G. (2020). Ser Professor na Escola Técnica Federal do Pará – ETFPA nos tempos da Ditadura Civil-Militar: história de vida e identidade docente . História Revista, 25(2), 162–183. https://doi.org/10.5216/hr.v25i2.64308