IMAGENS E ESTEREÓTIPOS NA CONSTRUÇÃO DE UMA VISÃO DO BRASIL NOS ANOS 1950.

Autores

  • Marlise Regina Meyrer Universidade de Passo Fundo

DOI:

https://doi.org/10.5216/hr.v21i2.33596

Palavras-chave:

fotorreportagem - O Cruzeiro - identidade nacional

Resumo

O trabalho constitui-se na análise das fotorreportagens veiculadas na revista O Cruzeiro na década de 1950, como construtoras e difusoras de uma determinada identidade nacional no período. Para tal propósito, partimos do princípio de que a fotorreportagem tem como eixo central do discurso a imagem fotográfica - que passa a ter o mesmo valor do texto verbal - , sendo assim,  uma importante fonte para pesquisa histórica, na medida em que ela relativiza o predomínio do texto escrito, possibilitando outras visões sobre o tema, ampliando o leque de possibilidades de interpretação através do processo dialético entre o texto verbal e o visual.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marlise Regina Meyrer, Universidade de Passo Fundo

Prof. Doutora em História.

Prof. adjunta do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade de Passo Fundo - RS

Downloads

Publicado

2016-10-09

Como Citar

MEYRER, M. R. IMAGENS E ESTEREÓTIPOS NA CONSTRUÇÃO DE UMA VISÃO DO BRASIL NOS ANOS 1950. História Revista, Goiânia, v. 21, n. 2, p. 122–138, 2016. DOI: 10.5216/hr.v21i2.33596. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/historia/article/view/33596. Acesso em: 30 jun. 2022.