A RELÍQUIA DO SANTO LENHO EM PORTUGAL: NARRATIVAS DE MILAGRES - doi: 10.5216/hr.v19i1.30511

Autores

  • Renata Cristina de Sousa Nascimento Universidade Federal de Goiás Universidade Estadual de Goiás PUC Goiás

DOI:

https://doi.org/10.5216/hr.v19i1.30511

Palavras-chave:

Relíquias, Imaginário, Poder Simbólico

Resumo

A relíquia do Lignum Crucis, cultuada como sendo parte da verdadeira cruz em que Cristo teria sido martirizado, insere-se no imaginário construído ao redor dos mistérios da paixão. Em Portugal, a ordem militar de São João de Jerusalém ou do Hospital, tornou-se a guardiã deste fragmento do Santo Lenho que se preserva na Igreja de Vera Cruz de Marmelar. Este objeto esteve presente em momentos cruciais da história da monarquia portuguesa, especialmente durante a Idade Média.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-06-16

Como Citar

NASCIMENTO, R. C. de S. A RELÍQUIA DO SANTO LENHO EM PORTUGAL: NARRATIVAS DE MILAGRES - doi: 10.5216/hr.v19i1.30511. História Revista, Goiânia, v. 19, n. 1, p. 105–120, 2014. DOI: 10.5216/hr.v19i1.30511. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/historia/article/view/30511. Acesso em: 29 jun. 2022.